02.08.2019  /  10:00

De esposa traída para bilionária: Mackenzie Bezos agora é a terceira mulher mais rica do mundo

Mackenzie Bezos || Créditos: Reprodução

Mackenzie Bezos já não precisa ser chamada apenas de “a ex do Jeff Bezos”. Graças a um acordo de divórcio ao qual chegou com o homem mais rico do mundo no começo de julho, e que entrou para a história como o maior de todos os tempos, a escritora acaba de ser oficializada como a terceira mulher mais rica do planeta. De maneira geral, a fortuna dela agora é a 23ª maior entre as de todos os membros do clube dez dígitos – são US$ 36,6 bilhões (R$ 140,8 bilhões), basicamente em ações da Amazon, a gigante do e-commerce que Bezos fundou em 1994 e na qual ela atuou nos primórdios como uma espécie de “faz tudo”. Meses atrás, Bezos topou sem nenhum estresse transferir 25% da fatia que detinha na empresa para a mulher com quem ficou casado por quase 26 anos, mas essa coisas levam tempo e o investimento de fato só trocou de mãos há algumas semanas.

O centibilionário, que ainda estava casado quando começou a namorar a ex-repórter Lauren Sanchez, não perdeu o título de número um entre os ricos, mas agora ele tem “só” US$ 115,5 bilhões (R$ 444,4 bilhões), a maior parte também em ações da Amazon, e por isso já não está tão distante do segundo colocado – Bill Gates, com seus US$ 103,7 bilhões (R$ 399 bilhões), que havia caído algumas posições nos rankings de bilionários semanas atrás mas recuperou a vice-liderança recentemente.

Entre as mulheres, Mackenzie só fica atrás de Alice Walton, uma das herdeiras da rede varejista Walmart cuja fortuna está na casa dos US$ 50,4 bilhões (R$ 193,9 bilhões), e de Françoise Bettencourt Meyers, a maior acionista da L’Oréal e sócia minoritária da Nestlé, que tem estimados US$ 53,7 bilhões (R$ 206,6 bilhões) na conta. Ao contrário das duas, no entanto, a mais nova bilionária do pedaço já anunciou antes mesmo de receber seus bilhões que pretende doar todo o dinheiro para a caridade ainda em vida. (Por Anderson Antunes)