01.02.2018  /  16:27

De Elba Ramalho a Mariana Aydar, confira os blocos que desfilam pela 1ª vez em SP

Em sentido horário: Mariana Aydar, a banda Baiana System, Sidney Magal e Elba Ramalho || Créditos: Reprodução Facebook

São Paulo promete não ficar pra trás em comparação ao Rio no que diz respeito a bloquinhos de Carnaval e folia. A festa tem se espalhado cada vez mais pela maior cidade do país, o que começou nos últimos anos e promete acelerar em 2018.

Com a expectativa de arrastar centenas de milhares de pessoas em uma temporada que começa com tudo neste sábado e domingo e segue até o fim de semana seguinte ao Carnaval, São Paulo terá como estreantes os blocos de Elba Ramalho, Sidney Magal, Baiana System, Mariana Aydar e o Vai Malandra. Abaixo, tudo o que você precisa saber sobre eles.

FREVO MULHER – ELBA RAMALHO 

Elba Ramalho durante um de seus shows || Créditos: Reprodução Instagram

Elba Ramalho puxa pela primeira vez um trio em São Paulo e apresenta seu bloco Frevo Mulher com desfile marcado para este sábado (3), às 12h, no Parque do Ibirapuera.

SIDNEY MAGAL

Sidney Magal em 2017 durante sua participação Créditos: Reprodução Facebook

Depois de ter agitado os foliões de São Paulo com uma participação no bloco Breg’s Nice no ano passado, Sidney Magal pegou gosto pela coisa e volta com um bloco pra chamar de seu. A festa que promete fazer o sangue dos foliões ferver toma as ruas no dia 11 de fevereiro, domingo, no centro de São Paulo e é uma parceria entre Rua Livre e o Bloco Breg’s Nice: começa com a cantora Robertinha ao meio-dia, que passa o comando do trio para Magal às 17h.

Além das clássicas canções “Sandra Rosa Madalena”, “Meu Sangue Ferve Por Você” e “Me Chama Que Eu Vou”, Magal promete repertório dançante preparado especialmente para as comemorações dos 50 anos de carreira. No set list releituras de hits de Reginaldo Rossi, Araketu, Rosana, Luiz Caldas, entre outros ícones da música brasileira.

BLOCO FORROZIN – MARIANA AYDAR

Mariana Aydar e os convidados de seu novo bloco: Gilberto Gil, a banda As Bahias e a Cozinha Mineira e Maestrinho || Créditos: Reprodução Instagram/Divulgação

Mariana Aydar sai às ruas da Pauliceia com o seu novíssimo bloco Forrozin, que busca valorizar a música regional e nordestina no carnaval de São Paulo. O bloco desfila no Centro da cidade no dia 12 de fevereiro e vai contar com palinha de nomes como Gilberto Gil, Mestrinho, As Bahias e a Cozinha Mineira. Nada mal para um debut!

A cantora conta que é carnavalesca por natureza, tendo acompanhado diversos carnavais em Salvador, além de ter sido back vocal da Daniela Mercury. O repertório de seu bloco vai contar com cerca de 60 músicas, sendo pelo menos 10 delas interpretadas por Gilberto Gil.

Data: 12 de fevereiro (segunda-feira) das 10h às 12h
Concentração: São João em frente ao Bar Brahma. Segue via Av Ipiranga, Praça da República, Av. São Luis

BAIANA SYSTEM 

Show da banda Baiana System no Carnaval de 2017 || Créditos: Reprodução

Para o pós-carnaval, São Paulo contará com a estreia do bloco Baiana System. Formado em 2009 com o objetivo de criar um som autoral para a guitarra baiana, a banda mistura em seu repertório ritmos afro-latinos como frevo, samba-reggae, pagode, groove arrastado, ijexá, kuduro, bass music e cumbia. Com Navio Pirata construído exclusivamente para o desfile de São Paulo, o Baiana System sai às ruas da capital no sábado (17), às 13h, na Avenida 23 de Maio, sentido centro.

VAI MALANDRA

Anitta no clipe de “Vai Malandra” || Créditos: Divulgação

O bloco, que leva o nome do novo hit de Anitta, estreia no Carnaval de São Paulo com desfile que tomará as ruas de Santana neste domingo. O fervo começa às 14h com show da banda de axé “Cara de Gato” segue com show do grupo de pagode “Os Rochas” e às 17h30  “Vai Malandra” com performance de Anitta. Às 18h a folia encerra com desfile  “Fervo”.

Data: Domingo (04) às 14h
Concentração: Praça Herois da FEB – Santana

*

Em tempo: Ainda na linha dos novatos muitos blocos desfilam em São Paulo pelo segunda vez neste ano. São eles: Os Capoeiras, que contará com a presença da atriz Marisa Orth e das cantoras Maria Gadú e Jéssica Areias (Angola), o Toca um Samba Aí, do Inimigos da HP, o Bloco do Apego, criado por Cristina Naumovs e o Bloco do Coletivo Missa, projeto musical criado por Gabriel Wickbold e Rodrigo Sá. E ainda os cariocas Bloco Chinelo de Dedo e o Viemos do Egyto com clássicos do samba.