08.12.2020  /  10:33

Dani Calabresa e Rica Benozatti ressuscitam pomada “canela de velho” e fazem fãs reviverem o tempo do Rugol, Minâncora, Tio Nacho…

Dani Calabresa com pomada Canela de Velho / Crédito: Reprodução

O stylist Rica Benozzati, uma dos melhores amigos de Dani Calabresa, não poderia esperar que seus posts bem humorados sobre a pomada “Canela de Velho” iriam render tanto, inclusive com a #bff que está usando os stories do Instagram para divulgar o produto que vai na contramão de todos os influenciadores: pomada canela de velho com sebo de carneiro, indicada para auxiliar no alívio dos sintomas de rigidez, fadiga muscular, artrite e artrose. Agora, a dupla está divertindo os seguidores com a tal da pomada e já até rolou a afirmação: “Dizem que o sebo de carneiro é uma coisa que salva”. Será?

“Canela de Velho” é um clássico e, assim como ela, diversos produtos antigos ainda estão nas prateleiras e continuam populares, ultrapassando gerações. De Leite de Rosas até o Biotônico Fontoura, Glamurama nesse entrou nesse túnel do tempo e mostra quais são os produtos que fazem parte da sua vida já faz tempo.

Seiva de Alfazema

A Colônia Seiva de Alfazema é um clássico e, de acordo com a própria marca, o produto proporciona uma fragrância suave e fresca com notas amadeiradas. O perfume foi lançado em 1943 e foi inspirada nos Alpes Suíços, que representam a parte fresca da fragrância, e na Lavanda, planta tradicional da região.

Biotônico Fontoura

Quem não se lembra das diversas propagandas do Biotônico Fontoura na televisão? Lançado em 1910, esse remédio é um fortificante e antianêmico, conhecido por abrir o apetite.

Rugol

Registrado em 1921, o creme Rugol teve seus momentos de glória entre os anos 1930 e 50. O produto foi criado para a prevenção de rugas na pele e contém Vitamina E. Até hoje, o produto é muito usado e é indicado para a hidratação de qualquer tipo de pele.

Minâncora

Quem nunca ouviu a avó dizer: “Espinha? Passa Minâncora!”. A pomada foi desenvolvida em 1915 e é um medicamento antisséptico, adstringente e cicatrizante indicado para tratamento de doenças de pele.

Leite de Rosas

O Leite de Rosas Tradicional é o produto carro-chefe da empresa que leva o mesmo nome. Criado em 1929, a loção é indicada para limpeza de peles oleosas e faz sucesso até hoje nas prateleiras das perfumarias e farmácias.

Tio Nacho

Tio Nacho existe há 150 anos, mas até hoje existem  propagandas do produto na televisão (quem assiste ao SBT, sabe). Criada pelo Rei da Geleia Real, é a primeira linha para os cuidados dos cabelos composta por shampoos e condicionadores feitos à base de geleia real.

Talco Granado

A Granado está no mercado desde 1870, e o talco foi um dos primeiros lançamentos da marca. O Talco Polvilho Tradicional Antisséptico, o mais famoso entre todos, elimina assaduras, brotoejas e os odores da transpiração dos pés e axilas e previne pruridos e frieiras.

Sabonete Phebo

Desde 1930 nas prateleiras, o sabonete Phebo é, como todos os outros, um grande clássico. O nome Phebo, o deus grego do Sol, foi escolhido para simbolizar o nascimento de uma nova era da perfumaria brasileira. O primeiro produto feito pela marca foi o sabonete Odor de Rosas.

Hipoglos

Um dos medicamentos mais tradicionais do Brasil, a pomada foi lançada em 1939. A fórmula foi desenvolvida para formar uma camada que protege a delicada pele do bebê contra as assaduras. Ainda hoje, a Hipoglos é queridinha de todos e mantém a mesma estética visual.

Neutrox

Quem nunca recorreu aos produtos da Neutrox, que atire a primeira pedra. A marca, lançada em 1974, é famosa até hoje e foi reformulada diversas vezes. Nos anos 1970, os produtos viraram febre e chegaram a ser os mais vendidos na época.