07.01.2019  /  16:14

Da geração de atrizes-influencers, Marina Moschen afirma: “Minha carreira tem sido construída com trabalho e isso impede o deslumbramento”

Marina Moschen || Créditos: Reprodução Instagram

Ela faz parte da geração de atrizes que também acumula a função de “influencer digital”. Apesar de não ostentar a fama e a quantidade de seguidores de Bruna Marquezine e Marina Ruy Barbosa, Marina Moschen é destaque nas produções da Globo e nas redes sociais. Aos poucos, e com competência, ela tem conquistado o seu espaço na emissora e emendando papéis que inicialmente podem parecer pequenos, mas que ela mostra o seu talento. Depois do sucesso como Selena, em “Deus Salve o Rei”, que terminou em julho de 2018, Marina está de volta às novelas na pele de Larissa, em “Verão 90”, que estreia dia 29 de janeiro. Glamurama bateu um papo com a atriz que fala sobre seu novo desafio no horário das 19h, como está a vida de solteira – ela namorou por seis anos o economista Daniel Nigri – conta sobre sua relação com Bruna Marquezine e aqueles cuidados básicos para manter a forma. Dá uma espiada!

Glamurama: Conte-nos um pouco sobre a sua personagem “Verão 90”.

Marina Moschen: Eu interpreto a Larissa, menina de família rica de Brasília que tem um perfil bem interessante. Ela pode parecer ingênua à primeira vista, mas, na verdade, é uma garota bem atenta. Ela é noiva do Quinzinho (Caio Paduan) e durante a trama se apaixona por um surfista chamado Diego (Sérgio Malheiros) e mil coisas vão acontecer entre eles. É uma personagem bem interessante, porque tem bastante mudança ao longo da história e acredito que, em certo ponto da trama, o público vai torcer por ela, apesar das atitudes dela não serem muito lineares, posso dizer assim (risos). Acredito que o pessoal vai gostar muito da novela, é bem colorida, leve e com muito humor.

Glamurama: Com quem vai contracenar? Como será a história do seu núcleo na novela?

Marina Moschen: A princípio contraceno com Sérgio Malheiros, Camila Queiroz, Caio Paduan e Kayky Britto. E tem bastante confusão nesse núcleo. É uma história leve, com humor, gostosa de fazer. Na história, a Larissa e o Quinzinho estão prestes a se casar, são noivos. Só que falta aquele amor, sabe?! E no meio do caminho ela encontra o Diego. O resto vocês precisam assistir para não estragar as surpresas. (risos)

Glamurama: O que você, Marina, tem ou teve de parecido com a Larissa, sua personagem?

Marina Moschen: Acho que a única coisa em comum que temos é a vontade de conhecer outras realidades que estão em nossa volta. Acho importante para meu crescimento como pessoa e pela profissão que escolhi. Já a Larissa foi criada no meio de pessoas muito ricas, com tudo à disposição, inclusive, com pessoas interesseiras por perto. Ela é a única da família que olha para o outro com empatia. É natural dela, acho seu lado mais bonito.

Glamurama: Como você lida com a fama? Já se sentiu invadida?

Marina Moschen: Eu não sou muito de me expor, sou mais reservada. E sinto que existe um respeito. É claro que tem a curiosidade sobre a nossa vida e, às vezes, pode ser incomodo. Mas o saldo é muito mais positivo. A fama não é um objetivo e nunca foi.

Glamurama: Como é estar de volta à solteirice, depois de um bom tempo namorando?

Marina Moschen: Eu estou bem, tive três meses de férias, agora voltei ao ritmo intenso de gravações. É um momento muito legal mesmo que estou vivendo na minha carreira. Eu tive um namoro muito feliz. E agora estou solteira e feliz também.

Glamurama: Você faz parte de uma geração de atrizes que também é “influencer”, com um alcance imenso de seguidores. Acha que uma coisa pode atrapalhar a outra? Como não se deslumbrar e não perder o foco na carreira?

Marina Moschen: É que não me considero mesmo uma influencer (risos). Eu tenho seguidores, mas acredito que eles me seguem pelo meu trabalho como atriz, porque existe uma identificação e tal. E compartilho alguns momentos da minha vida, dos projetos que estou participando. Mas não me vejo como uma influencer mesmo. Meu foco é a minha carreira como atriz, é o meu trabalho. Eu faço o que amo e sei que sou privilegiada por isso. Minha carreira tem sido construída por meio do meu trabalho e acho que isso impede qualquer deslumbramento.

Glamurama: Você e Bruna Marquezine se aproximaram muito em “Deus Salve o Rei”, né? Conte um pouco sobre a amizade e os programas que costumam fazer juntas.

Marina Moschen: A Bruna é uma pessoa muito especial. O elenco de “Deus Salve o Rei” se aproximou muito. Foi um trabalho incrível, com pessoas que admiro e que entraram para a minha vida além do campo profissional. E minhas amizades, em geral, são como a de qualquer pessoa. A gente faz amigos por identificação, por gostar das mesmas coisas, por ter assuntos parecidos.

Glamurama: Como cuida de seu corpo e beleza? 

Marina Moschen: Agora que voltei a gravar o tempo fica um pouco apertado, mas tento fazer algum tipo de exercício ao menos duas vezes na semana. Adoro aula de dança e por incrível que pareça, gosto de fazer musculação também. Tenho sorte com genética porque meu instinto é comer besteiras, então durante a semana tento sempre comer em casa de forma mais regrada e saudável. Tratamentos, eu cuido do cabelo, faço hidratação de tempos em tempos, porque uso secador e babyliss todos os dias nas gravações e vou na dermatologista regularmente. Uso protetor solar, bebo bastante água. É isso!