Colonnade Egg
Divulgação/pressimage

Museu V&A, em Londres, exibe a maior coleção dos famosos ovos Fabergé

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0

A exposição da maior coleção dos famosos ovos Fabergé, confeccionados pelo importante ourives russo Carl Fabergé (1846-1920), abre neste sábado (20.11) e vai até 8 de maio de 2022. A mostra no museu V&A (Victoria and Albert), de Londres, reúne mais de 200 objetos, divididos em três seções, e conta a história de Fabergé e sua empresa internacionalmente reconhecida, que simboliza a precisão e elegância da arte russa.

A primeira parte da exposição destaca as obras elaboradas para a família Romanov, dos czares da Rússia, que com frequência se presenteavam com objetos como flores feitas de cristais, ouro e diamantes, além de retratos da família.

A segunda parte da mostra narra a história de Fabergé em Londres, onde ele abriu sua única empresa fora de Moscou. O ourives adaptou cuidadosamente seu trabalho para agradar à elite britânica. Uma de suas criações dessa fase são as réplicas em pedra de animais de fazenda criados pelo Rei Eduardo da Inglaterra e a Rainha Alexandra.

A seção final da mostra celebra o legado de Fabergé por meio dos icônicos Ovos de Páscoa Imperiais, em uma exibição caleidoscópica de 15 desses famosos tesouros. Esta é, segundo o V&A, a maior exibição pública dos ovos em mais de 25 anos.

Embora a casa de Carl Fabergé não exista mais desde o início do século passado, o mito em torno dos Ovos Imperiais se cristalizou e a demanda por suas obras resistiu ao tempo, com seu design continuando a inspirar as novas gerações.

Divulgação/pressimage
Você também pode gostar