Karin Hils
Foto: Rodolfo Guimarães

Karin Hils celebra protagonismo no musical sobre Donna Summer: “Responsabilidade gigante”

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0

Ansiedade, alegria, medo… Um misto de sentimentos preencheu Karin Hils ao pisar no palco há um mês. Depois de mais de um ano parado por conta da pandemia do coronavírus, o musical “Donna Summer” voltou ao teatro com Karin interpretando a diva da disco music: “É uma responsabilidade gigante dar vida a Donna Summer, e uma oportunidade de revisitar a obra dela de forma íntima, conhecendo a história dessa mulher negra que rompeu barreiras através de sua voz e mostrou que era muito mais do que a rainha da disco. Donna é uma verdadeira diva da música em todas suas gerações”, afirma a atriz e cantora em papo com GLMRM.

Foto: Rodolfo Magalhães

O espetáculo de Miguel Falabella, que traz além de Karin Hils, as atrizes Jeniffer Nascimento e Amanda Souza interpretando a cantora americana em diferentes fases da vida, resgata a história e obra da artista. No palco, o público é transportado para uma discoteca com direito a globos e telões de led: “É uma história que todos precisam conhecer. É inspirador, verdadeiro e transformador”, ressalta Karin.

Karin e Donna Summer, aliás, colecionam algumas coisas em comum. Além da voz potente, as duas interpretaram o mesmo papel, Dionne, no musical “Hair”, outro clássico do final dos anos 1960 que retrata um grupo de hippies da chamada ‘Era de Aquário’. Ela lembra que sua estreia em adaptações de espetáculos da Broadway, veio a convite de Falabella, na versão brasileira de “Hairspray”: “Ele foi o responsável por acreditar em mim e dar as minhas primeiras grandes oportunidades como atriz”.

Veterana dos musicais, Karin tem um carinho especial pelo espetáculo “Mudança de Habito” (2015), que ela viveu sua primeira protagonista, Delores. Papel em que ela teve aval da própria Whoopi Goldberg, que na época era a diretora executiva do musical e suas montagens pelo mundo. “Não era habitual ver uma atriz preta no papel principal de uma montagem da Broadway, ainda mais no Brasil. Me senti honrada com o convite e em poder servir de inspiração para outras mulheres se verem representadas, e para que meninas pudessem acreditar que é possível ocupar esse espaço”, relembra.

Todo esse caminho, antes mesmo do início na girlband “Rouge” (2002-2005 e 2017-2019) até brilhar como Donna Summer, está retratado em seu novo single, lançado no começo de outubro: “Com ‘Sente a Pressão’ eu canto as minhas origens, o orgulho por onde passei e tudo que vivenciei. A música também fala sobre vencer estereótipos que não foram capazes de me parar. Sou uma artista em constante movimento”, afirma ela, que também se prepara para integrar o elenco da nova série musical original da DisneyPlus, “O Coro – Sucesso aí vou eu!”, que será lançada em 2022, mas sobre isso ela ainda não pode nos contar. Tudo bem, Karin, a gente espera um pouco…

Você também pode gostar