Cynthia Nixon
Foto: Divulgação/HBOMax

Intérprete de Miranda em ‘And Just Like That…’, Cynthia Nixon diz que sempre viu ‘qualidades lésbicas’ em personagem

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0

Uma das personagens principais de “Sex and the City”, a advogada Miranda Hobbes terá seu lado “queer” explorado ao máximo na segunda temporada de “And Just Like That…”, o revival da série hit que estreou em 1998 produzido pela HBO Max.

Em entrevista à “Variety”, a desde sempre intérprete de Hobbes, Cynthia Nixon, não apenas confirmou essa parte do enredo da nova fase da série como ainda revelou sempre ter visto um quê de gay na bff de Carrie Bradshaw (Sarah Jessica Parker), Charlotte York (Kristin Davis) e Samantha Jones (Kim Cattrall), esta última ausente na multimilionária sequência da franquia televisiva e cinematográfica.

“Apesar de que ela sempre se interessou por homens], eu sempre vi algumas características e qualidades lésbicas nela”, disse Nixon, que assim como suas colegas de telinha embolsa US$ 1 milhão (R$ 4,9 milhões) por cada capítulo do programa produzido.

Nixon também lembrou que, há mais de duas décadas atrás, as conversas sobre mulheres homossexuais não eram tão comuns quanto as sobre os homens gays, ao contrário do que se vê hoje em dia. Aliás, a própria estrela só saiu do armário em 2004, e em 2021 se casou com Christine Marinoni, com quem está até hoje.

Sucesso do começo ao fim, “And Just Like That…” já está tendo novos episódios produzidos e deverá voltar ao catálogo da HBO Max até o fim do ano. Daí pra frente, no entanto, Miranda terá como par romântico a apresentadora de podcast Che Diz, interpretada por Sara Ramírez.

O romance das duas deverá ser explorado pelo roteirista-chefe Michael Patrick King como um dos pontos centrais da atração, inicialmente programada para ser apenas uma minissérie e produzida e estrelada por Parker, mas transformada em algo maior devido ao interesse que gerou entre o público.

Você também pode gostar