Rihanna
Reprodução/Instagram

“Espero que possamos redefinir o que é considerado ‘decente’ para grávidas”, diz Rihanna em entrevista

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0

Desde que Rihanna e seu parceiro A$AP Rocky anunciaram que estavam esperando um bebê, no final de janeiro, a superestrela tem desfilado em um verdadeiro “show de estilo” completamente diferente do que vemos nas gestantes por aí. Os críticos incasáveis da internet, claro, não poderiam deixar de rotulá-la de indecente. Como ela ousa estar com tão pouca roupa e grávida? Mas a grande maioria, no entanto, festejou o momento. Ali estava uma bela mulher em sua forma mais abundante, sexy e forte, deliciando-se com o jogo criativo de se vestir – com ou sem barriga de bebê.  

“Quando descobri que estava grávida, pensei comigo mesma: de jeito nenhum vou fazer compras em nenhum corredor de maternidade. Me desculpe, é muito divertido se vestir bem. Não vou deixar essa parte desaparecer porque meu corpo está mudando”, revelou ela em recente entrevista à “Vogue” americana.

Suas últimas aparições públicas durante a temporada de moda mostram que a cantora está numa espécie de jornada para reescrever sozinha as regras de se vestir na gravidez com um look de cair o queixo após o outro. Ela fez sua grande entrada para o mês de moda na Gucci em Milão com Rocky ao seu lado, em um top de renda e látex, calças de cetim de cintura baixa bordadas com um dragão e um adorno de metal na cabeça que lembrava uma rainha egípcia.

Ela repetiu o feito em Paris, aparecendo para o desfile Off-White vestida com o minivestido de couro rosa bebê da marca e sandálias de salto amarradas.

“Meu corpo está fazendo coisas incríveis agora, e não vou ter vergonha disso. Este tempo deve ser comemorativo. Por que você deveria estar escondendo sua gravidez?”, questionou ela à publicação, revelando que Junto com o jeans de maternidade, tem uma lista de outras coisas que não quer fazer na gravidez, começando com o chá de bebê.

“Sem brunch, sem tons de blush. E nada de nada em forma de animal. Quer dizer, eu até planejei alguns chás de bebê como esse – mas simplesmente não é certo para mim”, disse, também descartando a possibilidade de uma festa de revelação de gênero. “Perguntei ao meu médico: há algo de errado comigo por não querer isso? Porque as pessoas continuam me perguntando. Eu sou uma mãe ruim? Quando estivermos prontos para contar ao mundo, apenas contaremos.”

“Espero que possamos redefinir o que é considerado ‘decente’ para mulheres grávidas”

Rihanna

Para além da moda, a estrela e futura mãe também aproveitou a entrevista para revelar mais sobre os medos e expectativas da gestação não planejada. Então, o que a assusta mais? “Depressão pós-parto. Vou me sentir fora de controle emocionalmente? Essas são as histórias que ouço de outras mulheres que me assustam.”

E onde no mundo ela quer criar a criança? “Isso fica difícil de dizer”, ela admite. “Rocky me perguntou recentemente se eu tivesse um lugar dos sonhos, onde seria. Eu disse a ele que seria minha casa, Barbados. Sempre imaginei que fosse assim. Mas, realisticamente, provavelmente não será”, diz.

“O equilíbrio é um dos meus maiores desafios e sempre foi. E agora há outro ser humano entrando em cena, isso muda tudo novamente. Ainda assim, tenho negócios que não vão funcionar sozinhos. Minha mãe lidou com nós três com nem perto da quantidade de recursos que eu tenho, então eu posso fazer isso com certeza.”

Mas, se há uma coisa que ela tem certeza, é que a pequena pessoa que cresce dentro dela já tem uma personalidade própria. Acima de qualquer outra coisa, ela está ansiosa para ver o mundo através de seus olhos. “Ele vai me ensinar mais do que eu jamais poderia ensiná-lo. E eu quero que ele faça isso. Eu quero ver quem ele será no mundo, quem ele se tornará”.

E aquele disco tão esperado?

Mesmo que Rihanna esteja criando uma vida dentro dela, os fãs não cansam de lembrar e pedir por um novo álbum. Ela revelou durante a entrevista que fazer música ainda faz parte do programa. Em sua mente, “Anti” ainda permanece como sua referência criativa, “meu melhor álbum até hoje”.

“Estou olhando para o meu próximo projeto de forma completamente diferente da maneira como queria lançá-lo antes. Acho que assim fica melhor para mim”, diz ela. “É autêntico, vai ser divertido para mim e tira muita pressão.”

Você também pode gostar