Superbad
Foto: Divulgação/Columbia Pictures

Considerado cult, ‘Superbad – É Hoje’ possivelmente jamais terá uma continuação

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0

Para a infelicidade dos fãs de “Superbad – É Hoje”, o filme de Judd Apatow lançado em 2007 não deverá ganhar a continuação tão sonhada por eles. E isso nem por culpa de seu famoso produtor, mas sim dos astros da fita que, com o passar dos anos, entrou para a seleta lista das produções consideradas “cult” por marcarem uma época.

Jonah Hill, Michael Cera e Christopher Mintz-Plasse foram todos praticamente alçados à fama graças ao trabalho. O trio acredita que reviver os personagens que interpretaram no longa de 15 anos atrás seria “muito estranho e talvez até bizarro”, conforme Apatow disse recentemente em uma entrevista que deu ao podcast “Inside of You With Michael Rosenbaum”.

Na comédia com direção de Greg Mottola e roteiro assinado por Seth Rogen e Evan Goldberg, Hill, Cera e Mintz-Plasse vivem estudantes prestes a se formarem no ensino médio que buscam desesperadamente perder a virgindade antes que isso aconteça.

Superbad
Foto: Divulgação/Columbia Pictures

Sua estreia, em agosto de 2007, quando é verão nos Estados Unidos e época em que os moradores do país mais vão ao cinema, fez sucesso, angariando elogios da crítica e arrecadando mais de US$ 33 milhões (R$ 166,6 milhões) em seu primeiro fim de semana nos cinemas de lá. No total, “Superbad – É Hoje” faturou em todo mundo perto de US$ 171 milhões (R$ 863,2 milhões), ante um custo total produção de US$ 20 milhões (R$ 101 milhões).

Você também pode gostar