Cantor durante apresentação do Astroworld Festival 2021 nesta sexta (05.11) | Foto: Erika Goldring/WireImage

Confusão em show de Travis Scott causa a morte de pelo menos oito pessoas, nos EUA

1 Compartilhamentos
1
0
0
0
0

A primeira noite de shows do festival “Astroworld” foi marcado por uma confusão na noite desta sexta-feira (05.11), em Houston (Texas), nos Estados Unidos. Pelo menos oito pessoas morreram pisoteadas e outras 300 saíram feridas durante o show de Travis Scott, segundo informações do “TMZ”. Ainda, de acordo com o site americano, há indícios de que o terror começou antes mesmo de o show começar. Kylie Jenner e a filha do casal, Stormi, estavam na plateia – mas até onde se sabe elas passam bem e estão hospedadas em um hotel nos arredores da venue.

“Estou completamente devastado pelo que aconteceu ontem à noite. Minhas preces estão com as famílias daqueles que foram impactados pelo ocorrido no festival Astroworld”.

Travis Scott em comunicado oficial nas redes sociais

Cerca de 50 mil pessoas lotavam o evento, que estava com ingressos esgotados, quando por volta das 21 horas as pessoas começaram a subir em direção ao palco. E, então, muitas começaram a ser esmagadas e o pânico se alastrou. De acordo com o chefe dos bombeiros de Houston, Sam Pena, as pessoas “começaram a cair, muitas delas ficaram inconscientes e isso causou pânico.”

Antes de o caos acontecer, o rapper havia parado a performance de 75 minutos por algumas vezes depois de alguns fãs da frente do palco alertarem o risco. O músico então pediu aos seguranças que dessem atenção e não os deixasse machucar, além de ter pedido aos seguranças que ajudassem uma pessoa específica na plateia. Drake participou da apresentação antes de o caos se alastrar.

Uma fonte informou ao TMZ que pessoas estavam pulando grades, onde ficaram as câmeras, implorando à equipe do show para encerrar a apresentação depois que a debandada estourou. A pessoa disse também que milhares de pares de sapatos foram deixados para trás enquanto as pessoas tentavam fugiar. Quando o show foi encerrado, um gerente de palco disse que o local parecia como “uma cena de crime”. 

O Medical Examiner (equivalente ao Instituto Médico Legal americano) está no processo de determinar a causa das oito mortes, incluindo a de uma criança de 10 anos. Era o primeiro de três dias de festival, previsto para acontecer durante o fim de semana, mas a segunda noite foi cancelada pelos organizadores.

Motivo do pânico

Uma fonte conectada ao festival disse ao site americano que alguém na multidão “enlouqueceu” e começou a injetar nas pessoas algum tipo de droga nas pessoas, o que causou pânico e depois um surto. A fonte disse ainda que as autoridades estão tentando determinar se aqueles que tiveram parada cardíaca foram as vítimas da injeção. A fonte ainda informa que o ataque foi direcionado.

Comunicado

Em suas rede sociais, Scott postou um comunicado, dizendo que a polícia tem seu total apoio enquanto investiga a perda trágica dessas vidas. “Estou comprometido em trabalhar junto à comunidade de Houston para apoiar as famílias no que precisarem. Obrigado ao Corpo de Bombeiros e ao NRG Park pela sua assistência de prontidão e total apoio. Amo Vocês”.

Você também pode gostar