Adele
Foto: Simon Emmett

Como Adele juntou fortuna de R$ 1 bilhão praticamente sem fazer turnês

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0

Adele acaba de lançar um preview seu quarto álbum – “Easy On Me”, desde já um favorito do público e da crítica especializada. Como um caso raro no mundo da música, a cantora britânica de 33 anos se tornou uma das mais ricas da atualidade mesmo fazendo poucas turnês, lembrando que ela detesta cair na estrada e no momento vive uma pausa disso.

Previsto para chegar às lojas e às plataformas de streaming no próximo dia 19 de novembro, “30” deverá mostrar uma versão mais madura da intérprete de “Someone Like You”, que até hoje se aventurou em apenas três turnês.

A primeira, “An Evening With Adele”, ficou só no hemisfério norte e teve um público pequeno, de apenas 66.825 pagantes, uma vez que seus shows foram realizados em espaços como teatros, clubes de música e afins.

A segunda foi mais ambiciosa: “Adele Live”, de 2011, foi assistida por 111.874 pagantes e levantou perto de US$ 2 milhões (R$ 10,9 milhões), ainda assim pouco quando comparado aos montantes levantados pelos “concorrentes” dela.

Por último, Adele embarcou na turnê “Adele Live 2016”, que durou entre 2016 e 2017, e foi sua maior até hoje: quase 3 milhões de pagantes de US$ 178 milhões (R$ 968,3 milhões) faturados nas bilheterias. Daí pra frente, a popstar jurou aposentadoria dos palcos.

Os motivos que levam Adele a não curtir viajar aos montes para se apresentar por aí são vários, mas basicamente se resumem ao fato de que ela odeia sair de casa e também prefere cuidar de sua voz. Sem falar que ela já juntou estimados US$ 190 milhões (R$ 1,03 bilhão) basicamente vendendo singles, o definitivamente que não é pra qualquer um.

Novo recorde

Adele quebrou um novo recorde no Spotify com o primeiro lançamento em cinco anos: “Easy on Me” se tornou a faixa mais ouvida em um único dia, destituindo o grupo de k-pop BTS, que tinha até ontem o status de música mais tocada na plataforma de streaming com 20.9 milhões por “Butter”.

Você também pode gostar