Bradley Cooper
Foto: John Bauld, via Wikimedia Commons

Bradley Cooper lembra chega pra lá em diretor que desdenhou de indicações de ‘Nasce uma Estrela’ ao Oscar

13 Compartilhamentos
13
0
0
0
0

Bradley Cooper definitivamente não é o tipo de pessoa que leva desaforo pra casa, tanto que anos atrás o ator, produtor e diretor de 47 anos mandou um poderoso cineasta de Hollywood “se ferrar” — sendo essa uma tradução publicável do xingamento que ele de fato proferiu. Na ocasião, Cooper ouviu do bambambã um comentário negativo sobre as sete indicações ao Oscar que seu filme “Nasce Uma Estrela” recebeu na edição de 2019 da premiação mais importante do cinema.

Conforme contou numa entrevista ao podcast “SmartLess”, apresentado por Jason Bateman, Will Arnett e Sean Hayes, o protagonista do filme junto com Lady Gaga estava em uma festa promovida pela agência de celebridades CAA às vésperas da edição de três anos atrás da entrega dos Oscars, na qual conversava com o tal cineasta e uma atriz famosa, sem citar os nomes de ambos.

E, à certa altura, lembrou Cooper no bate papo, seu colega de profissão reclamou do fato de que a elogiada produção de 2018 que marcou a estreia do astro na direção estava sendo “prestigiada em excesso”. “Que mundo é esse em que vivemos no qual um filme como o seu é indicado a vários Oscars enquanto ela [a misteriosa atriz que lhes fazia companhia] só foi indicada a três?”, disse o cineasta com dor de cotovelo.

“Eu fiquei de cara com a capacidade dele de ser tão idiota”, continuou Cooper, que pelo menos ouviu da estrela que os acompanhava ser merecedor das indicações. Lançado em agosto de 2018, “Nasce Uma Estrela” conta com uma aprovação de 90% no site agregador de críticas americano “RottenTomatoes.com”, faturou US$ 436 milhões (R$ 2,3 bilhões) nas bilheterias internacionais e ganhou vários prêmios, inclusive o Oscar de Melhor Canção Original por “Shallow”.

Você também pode gostar