Amy Winehouse
Foto: Rob Verhorst/Redferns/Getty Images

“Back To Black”, álbum antológico de Amy Winehouse, ganha reedição para comemorar 15 anos de seu lançamento

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0

Amy Winehouse morreu há 10 anos, e um de seus álbuns antológicos, “Back To Black”, será reeditado em comemoração aos 15 anos de seu lançamento. Nesta segunda-feira, a Universal Music em parceria com o Spotify, o Enhanced do disco, que foi lançado primeiramente na Irlanda, em 27 de outubro de 2006, e três dias depois no Reino Unido, através da Island Records. Nesta reedição, os fãs saudosos vão conferir conteúdo de vídeos exclusivos, Canvas, Storylines, entre outras novidades.

“Back To Black” é o segundo disco de estúdio da cantora e compositora britânica é o álbum mais conhecido da carreira de Amy. Produzido por Mark Ronson e Salaam Remi, e traz em seu repertório hits como “Rehab”, “You Know I’m No Good”, “Tears Dry On Their Own”, “Love Is A Losing Game”, além da faixa-título, “Back To Black”.

No documentário “Amy Winehouse – Back to Black”, que conta a história desse trabalho, a cantora relata: “Escrevi um álbum do qual estou muito orgulhosa sobre uma situação muito ruim pela qual passei… Isso é basicamente onde tudo começa e termina pra mim”.

O CD ganhou cinco Grammy Awards, em fevereiro de 2008, nas categorias: “Melhor Artista Revelação”, “Música do Ano”, “Álbum do Ano”, “Melhor Performance Vocal Pop Feminina” (“Rehab”), “Melhor Álbum Pop Vocal”, que a tornaram, na época, a artista britânica feminina com mais prêmios na história.

Além disso, o álbum já foi o Nº1 quatro vezes no Reino Unido e também alcançou o 1º lugar em diversos mercados ao redor do mundo, além de ter chegado ao Top 5 em outros, incluindo os Estados Unidos. O disco ganhou o certificado de multiplatina em diversos países, incluindo a marca de 13x Platina no Reino Unido, e vendeu mais de 19 milhões de unidades em todo o mundo. Para quem quiser curtir, é só clicar aqui.

Você também pode gostar