Publicidade
Beyoncé
Foto: Reprodução/Instagram

Uma das faixas do novo álbum de Beyoncé, “Heated”, gerou protestos de ativistas por acharem trecho ofensivo para pessoas com deficiência. O porta-voz da cantora garantiu nessa segunda-feira (1º) que ela vai retirar termo e regravar parte da canção.

“A palavra, utilizada não intencionalmente de forma prejudicial, será substituída”, disse o porta-voz de Beyoncé à agência de notícias France Presse.

“Heated” foi coescrita com Drake e utiliza a palavra “spaz” que, no sentindo coloquial, significa perder temporariamente o controle ou atuar de forma errante. Já os defensores das pessoas com deficiência indicaram que a expressão é capacitista, já que deriva de “spastic”, em tradução livre, espástico.

Espasticidade é um transtorno que implica rigidez muscular e dificuldade de movimentação, e pode afetar 80% das pessoas que sofreram paralisia cerebral.

Instagram

Twitter