Fafá de Belém
Fotos: Maurício Nahas

Aos 65 anos, Fafá de Belém é a primeira técnica alinhada à idade dos participantes do “The Voice +”

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0

O time de técnicos do “The Voice +”, reality musical para pessoas a partir dos 60 anos é formado por Ludmilla, de 26 anos, Mumuzinho, de 38, e Daniel que está com 53, todos abaixo da idade dos participantes. E como representatividade importa, a Globo anunciou nesta quinta-feira a chegada de Fafá de Belém, de 65 anos, como a nova integrante do programa, que estreia em 30 de janeiro de 2022.

Inclusive, envelhecimento saudável tem sido uma das principais bandeiras da artista, que se diz incomodada com a falta de visibilidade dos idosos no Brasil. Em entrevista à PODER, em novembro de 2020, ela revelou que durante o boom das lives, no começo da pandemia, por exemplo, houve resistência dos patrocinadores, que até então depositavam toda a verba em apresentações de músicos jovens. “Não tenho 45 anos de história para ficar passando o chapéu, decidi bancar o projeto e os patrocinadores apareceram”, disse à revista.

Fafá de Belém
Foto: Maurício Nahas

Além do talento, Fafá é conhecida por sua gargalhada inesquecível, mas ela avisa que as expectativas para o programa são diferentes: “O que eu espero de mim? O chororô (risos). Tenho certeza que terá gargalhadas, mas lágrimas também”, conta a artista. E ela já chega com o discurso pronto e direto aos candidatos: “Afinação e emoção. Não existe cantar desafinado. Quem escreveu a música, escreveu todas as notas. Então, observar as notas. Esse é meu critério fundamental”, e completa ao descrever o lado sentimental da canção: “Não adianta, também, você ficar ligado só na nota e na técnica e não passar emoção, não arrepiar as pessoas. Não as fazer chorar, não as fazer gargalhar, não sentir que você faz parte da vida do público. Isso é minha orientação, para mim e para a vida”.

Atenta, basicamente, a esses dois pilares – técnica e emoção -, ela finaliza: “Fundamental é a forma como o cantor toca a nossa alma”.

Você também pode gostar