Publicidade
Le Quartier
Divulgação

Em 2020, os chefs Claude e Thomas Troisgros inauguraram o Chez Claude, primeiro restaurante em São Paulo depois de um hiato de 26 anos sem endereço próprio na capital paulista. O sucesso imediato da empreitada animou a dupla que, em dois anos, lançou outros dois empreendimentos – todos eles interligados pelo mesmo espaço.

Atualmente, fazem companhia ao Chez Claude o Boucherie, já considerado um clássico da gastronomia carioca, e o Bar du Quartier. Cada um tem a sua própria cozinha e proporcionam atmosferas e refeições bem distintas entre si. Os planos de expansão não param por aí e, em 2023, os chefs prometem a abertura de dois novos espaços dentro do Quartier. Vem conhecer os espaços:

Chez Claude

Divulgação

Desde que criou este conceito, o chef leva ao pé da letra o ‘sentir-se em casa’, com uma proposta que aponta um caminho descomplicado e confortável trazendo uma tendência global, em que o formalismo é deixado de lado. O menu, sucinto, foi elaborado com alguns pratos exclusivos no cardápio paulistano, como o Pudim de Agrião, Gorgonzola, Crisp de Mortadela (R$ 49) e Vieiras com doce de leite, palmito pupunha e limão (R$ 72), mas há também alguns pratos clássicos autorais já conhecidos e que foram mantidos, como o Ovo & Caviar Clarisse (R$ 68) e Peixe com Banana (R$ 138), receita que está há mais de 20 anos presente nas casas de Claude.

Boucherie

O primeiro restaurante no Brasil, cujo conceito é a escolha de um grelhado com rodízio de acompanhamentos é um sucesso há 12 anos, com unidades no Rio de Janeiro e São Paulo. O segredo são os grelhados fixos no menu e sugestões de cortes especiais do dia, incluindo carnes bovinas, suínas e pescados. Todos eles são acompanhados de um molho à escolha (barbecue do Thomas, bordelaise, chimichurri, bernaise ou mostarda) batata chips e farofa panko. As guarnições, servidas em rodízio (R$ 74), podem variar, porém as grandes apostas são: Chuchu gratinado com queijo Grueyère , quiabo refogado com tomate e risoto de quinoa. Além do menu fixo, o Boucherie conta com menu executivo nos almoços durante a semana, além de pratos do dia, servidos também de segunda à sexta, como: Frango caipira temperado com lemon pepper, quiabo e polenta (R$ 86); Boeuf bourguignon com penne na manteiga (R$ 88); Cassoulet de feijão manteiguinha; arroz de costela com agrião (R$98) e Paella Marseillaise (R$ 118).

Bar du Quartier

A mixologia sempre foi uma paixão de Thomas Troisgros. Há cinco anos, ele estuda a área com mais afinco e é dentro do projeto Le Quartier, em São Paulo, que ele e seu pai, Claude, se aventuram na abertura de um bar, em São Paulo. O conceito da carta foi construído priorizando os clássicos esquecidos, como: De La Louisianne #4 (Rye Whiskey, Vermute Tinto, Licor Bénédictine, Absinto, e Peychaud’s Bitters, R$ 55), Bijou (London Dry Gin, Chartreuse Verde, Vermouth Rosso e Orange Bitters, R$62) e Old Hickory (Vermouth Rosso, Vermouth Dry, Orange Bitters e Peychaud´s, R$55).

Além deles, o bar conta com drinks autorais, feitos a pelo chef de bar, Esteban Ovalle. Entre eles estão: Versailles (Vodka, Fernet, Amaro Scarlatti, Vermouth Dry, Cherry Plum clarificado com leite e limão, por R$ 42), Lutécia (London Dry Gin, Vermouth Dry, Toque Cítrico e Azeitona, R$ 42) e La Gare (Gin, Vermouth Dry Infusionado com Azedinha, Saint German e Suco De Limão, por R$ 42). O menu de aperitivos que acompanham os drinks também é exclusivo do bar e os destaques são: Croquete de costela assada (R$ 38), Pastel de filet mignon (R$ 42), X-Burguer do Quartier (R$ 42) e o Cachorro Quente do Thomas Troisgros (R$ 36). Além disso, a partir das quartas-feiras, o bar conta com uma programação de bandas de jazz, MPB, entre outros estilos musicais.

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

Dia 12 de Abril

Dia 12 de Abril

Festival de Cannes À medida que o Festival de Cannes se aproxima de seus 80 anos, Thierry Frémaux...
Dia 11 de Abril

Dia 11 de Abril

Fragrâncias de Chanel Pelo terceiro ano consecutivo, a Chanel encanta novamente a capital com seu jardim efêmero durante...

Instagram

Twitter