20.08.2020  /  10:26

Criticadas por conteúdo ‘XXX’ de videoclipe, Cardi B e Megan Thee Stallion anunciam doação de US$ 1 mi

Cardi B e Megan Thee Stallion no videoclipe de “Wap” || Créditos: Reprodução

Alvos de críticas recentes por causa do conteúdo quase que proibido para menores do videoclipe de “Wap” que foi lançado na semana passada, Cardi B e Megan The Stallion se juntaram para doar nada menos que US$ 1 milhão por meio do aplicativo de pagamentos Cash App para mulheres que sofrem qualquer tipo de preconceito. O anúncio foi feito pelas donas do hit do momento nessa quarta-feira, no Twitter, que também as ajudará na tarefa de distribuir o dinheiro. Pra quem não sabe, o Cash App foi desenvolvido pelo Square, que por sua vez foi cofundado por Jack Dorsey, também cofundador e o atual CEO do microblog.

As interessadas em buscar receber alguma coisa da quantia milionária a ser doada pelas duas rappers precisam apenas tuitar suas $Cashtags (assim são chamados os nomes de usuários de quem tem conta no Cash App) junto com a hashtag #WAPParty. A soma desembolsada pela dupla feminina do hip hop é a maior em toda a história do Twitter, mas por enquanto apenas as residentes nos Estados Unidos serão consideradas como beneficiárias em potencial.

Com quase 116 milhões de visualizações no YouTube até agora, o filminho oficial de “Wap”, a principal faixa do álbum de mesmo nome que Cardi B lançará ainda nesse ano, está fazendo sucesso com o público e também com a crítica especializada, que considerou tanto o single quanto seu vídeo promocional filmado a toque de caixa durante a pandemia como “provocadores” e “empoderadores”. (Por Anderson Antunes)