30.12.2018  /  14:26

Criar um símbolo da cultura de Trancoso é tema de workshop com o artista local Valquito Lima

O artista plástico Valquito Lima e os mastros que decoram a fachada da casa Mastercard Black, no Quadrado || Créditos: Beatriz Chicca

Quem já foi à casa Mastercard Black no Quadrado, em Trancoso, reparou em um detalhe especial: compõe a fachada da casa mastros sagrados, um dos maiores símbolos da cultura do vilarejo. Os mastros dispostos ali fazem parte de um projeto que busca resgatar tradições de Trancoso, e são réplicas de outros já colocados no Quadrado. Todos foram feitos pelo artista plástico local Valquito Lima. “Cada um tem uma história, uma energia diferente, representando os festeiros a quem foram feitos”, explicou o artista ao Glamurama. Valquito segue os passos de seu avô, Licínio Alves, que pintou por muitos anos os mastros da comunidade. “Aprendi fazendo as cores secundárias com ele, e depois que ele partiu fiquei com a missão de pintá-los”, completou.

Sobre a tradição
Os mastros coloridos fazem parte de uma tradição praticada há centenas de anos em Trancoso, e são erguidos todos os anos com bandeiras sagradas, trazendo as promessas a São João de anos melhores. A cidade adotou o costume por ser a primeira vila de São João do Brasil. Os rituais de troca de mastros acontecem com procissões e festas entre os dias 19 e 20 de janeiro, durante a festa de São Sebastião, e dois e três de fevereiro, com a festa de São Brás.

A ótima notícia para quem está curtindo temporada em Trancoso e deseja uma imersão nessa cultura tão importante para a comunidade, é que a Mastercard oferece aos clientes Black aulas de pintura com Valquito. Nessa experiência, os participantes terão contato com a genuína arte local, além de conhecer Valquito e seu ateliê para produzir e colorir um mini mastro e ainda levar para casa. Mais sobre, aqui!