25.02.2021  /  17:03

Covid-19 completa um ano no Brasil em alta e Glamurama entrega exemplos bem-sucedidos de combate à pandemia

Use máscara || Créditos: Getty Images

Nesta quinta-feira, o Brasil completa um ano do primeiro caso confirmado da Covid-19. Neste período, mais de 250 mil vidas foram perdidas, sendo que o nosso país segue como o segundo com mais mortes causadas pelo novo coronavírus, perdendo apenas dos Estados Unidos que já ultrapassaram as 500 mil vítimas. Infelizmente, os números de casos ainda são alarmantes e a vacinação segue em ritmo lento por aqui. Para tentar frear a contaminação no país e diminuir as lotações nos hospitais, diversas cidades e estados estão decretando restrições de locomoção e até lockdown. A Bahia por exemplo ficará completamente fechada neste final de semana, em São Paulo a restrição é das 23h às 5h; e por aí vai.

E essas medidas restritivas geram bons resultados no combate ao vírus. Para ter uma ideia, países como Nova Zelândia, Cuba, Austrália, Tailândia, Vietnã, Ruanda e Islândia conseguiram manter os casos de Covid-19 controlados. Isso porque seguiram, desde o início da pandemia, as indicações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e da ciência em geral com isolamento social rigoroso, testes em massa, rastreio de contágio, ampliação da capacidade hospitalar e auxílios financeiros para a população que ficou impossibilitada de trabalhar, em alguns casos.

Além disso, existem mais de 200 vacinas em desenvolvimento no mundo, sendo que as já utilizadas se mostraram eficazes e o negacionismo tem diminuído. A imunidade dos vacinados dura pelo menos oito meses e já existem tratamentos para casos mais graves com bons resultados. Agora, é cada um fazer a sua parte, seguindo as recomendações como usar máscara, álcool em gel e ficar em casa sempre que possível.