Platinado
Foto: Divulgação/Mazza Canteras

Quer ser platinada como Jade Picon e Agatha Moreira? Hair stylist avisa: “É como ter uma Ferrari. Custa altíssimo”

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0

Os fios ressecados de Jade Picon no Big Brother Brasil têm dado o que falar e gerado muitos memes nas redes sociais. Antes de entrar para a casa mais vigiada do país, Jade estava com o cabelo loiríssimo em um platinado que ia desde a raiz até as pontas, sendo esta a origem dos danos no cabelo da – agora – castanha. Mas não foi só a influenciadora digital de 20 anos que se jogou nos fios totalmente descoloridos e depois precisou lidar com os estragos da química intensa nas madeixas. A atriz Agatha Moreira, que platinou o cabelo para dar vida à Giovanna de “Verdades Secretas 2”, também reclamou algumas vezes sobre a saúde dos fios depois da transformação. Quando as gravações terminaram, Agatha decidiu cortar pela raiz, literalmente, e raspou a cabeça.

Apesar da quantidade de memes e comentários bem-humorados sobre as atuais condições do cabelo de Jade, Neandro Ferreira, hair stylist que atende no Studio Lorena, em São Paulo, analisa: “Se ela tivesse entrado platinada no BBB teria sido muito pior. Jade foi inteligente em jogar um preto ali”. Isso porque, segundo o profissional, ser loira requer muitos cuidados, manutenção e gastos. “É como ter uma Ferrari. Custa altíssimo”, brinca ele.

“Temos que ter um enorme cuidado na hora da coloração. Hoje em dia, os coloristas usam produtos com pH bem alto no início da coloração, ou melhor, para descolorir. Desse modo, o cabelo vai sendo descolorido enquanto recebe tratamento e não danifica tanto”, explica. “Dizer que não vai danificar é mentira. Sempre prejudica um pouco, não tem jeito. Não existe química que não estraga em nada”.

“Dizer que não vai danificar é mentira. Sempre prejudica um pouco, não tem jeito”

Neandro Ferreira, hairstylist

A tendência dos fios platinados

“Se formos analisar com um olhar mais fashion, mais apurado, estamos passando por uma influência dos clássicos, algo meio Marilyn Monroe. Na década de 1950 não existiam as mechas, as mulheres coloriam o cabelo por inteiro de preto, ruivo ou loiro. Não tinham essas listras que hoje em dia têm, era um cabelo mais chapado. Agora, elas estão cansadas destas listras e pedindo por um visual mais clássico. É um retorno ao passado”.

Foto: Oneredsf1/Flickr

Processo de descoloração e manutenção

“Atualmente, com a tecnologia, até os fios mais escuros podem ser platinados. E o processo de descoloração é o mesmo para todos os tipos de texturas: liso, ondulado, cacheado e crespo. Quando as madeixas estão muito danificadas, entramos imediatamente com o processo de recuperação do cabelo. Só depois passamos para a química. Muitas vezes testamos uma mecha antes de descolorir tudo para ver o quanto aquele fio aguenta o produto. Depois de descoloridos, a manutenção deve seguir em casa e no salão. Para isso, visitas mais frequentes se fazem necessárias para os tratamentos mais profissionais. Além do retoque de raiz, que normalmente é feito uma vez por mês. Ser loira não é fácil, tem que passar o cartão de crédito”.

Na galeria abaixo, encontre uma seleção do GLMRM para cuidados com os fios platinados em casa.

Fim do platinado

“O processo para escurecer o cabelo é muito mais rápido e fácil, tanto que é um procedimento que algumas mulheres fazem até em casa para colorir os fios brancos, por exemplo. Do escuro para o claro é que é muito mais complicado. Mas vale lembrar sempre que cabelo tem vida. Por isso, tem que ser cuidada com muito carinho em qualquer procedimento”.

Você também pode gostar