Francisco Costa
Reprodução/Instagram

Francisco Costa aposta na sustentabilidade para lançar sua primeira fragrância

15 Compartilhamentos
15
0
0
0
0

Ex-diretor-criativo da Calvin Klein e brasileiro que mais se destacou na cena fashion internacional até hoje, Francisco Costa lançou, na última quinta-feira (18), o primeiro perfume de sua comentada marca eco-friendly, a Costa Brazil.

Batizada Aroma, a fragrância é resultado de uma colaboração entre o estilista e o renomado artista americano Curtis Kulig, que também já fechou parcerias com outras marcas prestigiadas dos mais variados segmentos, entre as quais se destacam a Nike, a Starbucks, a Topman, a Issey Miyake e a Tiffany & Co.

Costa, um caso raro de designer cujos fãs o acompanham por onde quer que ele vá, comandou o departamento criativo da CK entre 2003 e 2016, quando deixou a gigante fashion já com planos de lançar sua própria marca ecologicamente correta, o que fez em 2018.

A Costa Brazil usa apenas ingredientes que não agridem o meio ambiente em seus produtos, todos oriundos da Amazônia, e o Aroma foi pensado para se tornar o chamariz de todos os outros, e de maneira geral diferenciado em relação aos seus concorrentes.

Igualmente diferenciado foi seu lançamento, que teve como palco a DSMNY, uma das lojas mais hypadas da Big Apple e com filial em Londres. É a mesma na qual Junya Watanabe, protégé de Rei Watanabe, diretora-criativa da Comme des Garçons, lança suas coleções.

Tudo isso foi ideia de Costa, que além de moda também é craque em marketing e um grande entusiasta da economia sustentável. E nunca é demais lembrar que sob o comando dele a CK voltou a ser desejada pelos consumidores, sem falar que seu faturamento anual quase triplicou nos 13 anos em que o mineiro de Guarani foi seu cabeça.

Você também pode gostar