10.11.2013  /  9:56

Corgis: será o fim dos cachorrinhos preferidos da rainha Elisabeth II?

 

Alerta vermelho no Reino Unido: a raça de cachorro Pembroke Welsh Corgi, a favorita da rainha Elizabeth II, está sob risco de extinção, de acordo com a associação de criadores britânica Kennel Club. Conhecidos pelas pernas curtas e pelo latido agudo, os corgis são praticamente os cães oficiais da monarquia inglesa desde os anos 1930, e a própria rainha já teve vários deles.

Em 2013, no entanto, apenas 241 nascimentos da raça foram oficialmente registrados no Reino Unido, número considerado baixo por especialistas, que temem seu desaparecimento. Para que isso seja evitado, pelo menos 300 nascimentos precisam acontecer anualmente. E a culpa de tudo, acreditem, pode ser do primeiro-ministro David Cameron e de seu Partido Conservador, que introduziu, em 2010, uma lei proibindo os criadores de corgis de cortarem as caudas dos animais, o que teria afastado potenciais novos criadores, já que a cauda mais curta também é uma das principais características dos corgis.

Em tempo: atualmente, a rainha possui dois cães da espécie, Holly e Willow, além de dois dorgis, um cruzamento entre corgis e dachshunds.