29.04.2020  /  11:04

Contrário à quarentena, Elon Musk usa o Twitter para clamar ‘pela liberdade da América’

Elon Musk || Créditos: Reprodução

Elon Musk entrou para o clube dos empresários contrários à quarentena. E desde já o cofundador e CEO da Tesla é um dos mais engajados na causa, tanto que na madrugada dessa quarta-feira ele postou no Twitter a frase “FREE AMERICA NOW” (“LIBERTEM A AMÉRICA AGORA”), além de ter compartilhado momentos antes no microblog um editorial do “The Wall Street Journal” de acordo com o qual muitas cidades dos Estados Unidos que pararam completamente por causa da pandemia de Covid-19 não conseguiram evitar a proliferação da doença. “Devolvam a liberdade das pessoas!”, Musk tuitou junto com o link do artigo.

De acordo com dados oficiais divulgados nessa quarta-feira, a economia dos EUA despencou 4,8% no primeiro trimestre de 2020, basicamente por causa da crise do novo coronavírus, e um resultado semelhante ou até pior já é esperado para o segundo trimestre desse ano. Só mesmo Musk que não tem motivos para se preocupar, já que o bilionário acaba de embolsar US$ 750 milhões (R$ 4,12 bilhões) em salários e bonificações da montadora de carros elétricos que comanda, e que recentemente anunciou um corte de salários em massa de seus funcionários apesar de sua ótima performance na bolsa de janeiro pra cá. (Por Anderson Antunes)

*

Abaixo, o tuíte de Musk postado às 4h14 da manhã (no horário da Califórnia):