Considerado um dos melhores filmes do ano, ‘O Som do Silêncio’ tem história sensível e forte

5 Compartilhamentos
5
0
0
0
0
0
Riz Ahmed, em ‘O Som do Silêncio’ / Crédito: Divulgação

Cada vez mais as plataformas de streaming estão apostando em produções originais e a Amazon conquistou o público com seu mais novo filme: ‘Sound Of Metal’, que no Brasil ganhou o nome de ‘O Som do Silêncio’. Sensível e forte, o longa conta a história do baterista Ruben (Riz Ahmed), que vê a sua vida virando de ponta cabeça depois de perder a audição.

O músico vive com sua namorada Lou (Olivia Cooke) em um trailer e os dois estão em turnê quando tudo acontece. E um primeiro momento, Ruben é tomado pelo desespero e, em seguida, pela negação. Ao longo do processo, o público acompanha a frustração do artista, até que ele aceita o pedido de Lou para entrar em uma clínica de reabilitação de dependentes químicos surdos.

Antes de tudo, é impossível deixar de elogiar o uso do áudio no filme, que cria uma experiência sensorial interessante. Quando Ruben começa a parar de escutar, logo no começo do longa, o som oscila demonstrando a deterioração auditiva do personagem.  À medida que Ruben inicia sua jornada de aceitação, o silêncio se torna mais confortável e contemplativo.

A trama não gira em torno apenas da perda de audição, mas aborda relacionamentos e perdas, e como isso transforma a vida de Ruben. ‘O Som do Silêncio’ não é um filme clássico de superação, mas mostra a importância de aceitar a si mesmo e encontrar seu lugar no mundo.