26.05.2019  /  9:00

Apresentamos o “Black Pearl”, mega-iate de mais de R$ 800 mi que acaba de ser eleito o melhor do mundo

O “Black Pearl” visto por cima: brinquedinho de US$ 200 mi || Créditos: Reprodução

Quem está em busca de um novo iate capaz de impressionar até mesmo os marinheiros mais experientes deve se informar melhor sobre o “Black Pearl”, que foi lançado pelo estaleiro holandês Oceanco em 2018 e acaba de ser eleito o melhor do ano em todo o mundo no World Superyacht Awards 2019, premiação realizada há anos em Londres apenas para prestigiar os fabricantes dessas verdadeiras e cada vez mais caríssimas Ferraris dos mares e, of course, também aqueles que as encomendaram.

A primeira unidade do Black Pearl começou a ser construída em 2016 e foi finalmente entregue em meados do ano passado ao seu exigente dono, que no caso é o bilionário russo Oleg Burlakov. Com 100 metros de comprimento, o suficiente para entrar na categoria dos superiates, o brinquedinho custou a ele perto de US$ 200 milhões (R$ 807,6 milhões) e tem design assinado pelo arquiteto naval britânico Ken Freivokh.

Pensada para lembrar um veleiro e totalmente “eco-friendly” – esse é o novo “must” entre os viajantes marítimos que não olham o preço das coisas -, a embarcação tem capacidade para acomodar confortavelmente 12 pessoas além da tripulação e pode ser quase que totalmente alimentada com energia solar. Em seu interior, há várias suítes e salas distribuídas em três amplos andares que somam quase 500 metros quadrados de área privativa.

Outros três iates da Oceanco levaram prêmios de categorias mais técnicas no último World Superyacht Awards, que só perde em importância para o Monaco Yacht Show de Mônaco. Em 2015, aliás, um brasileiro foi prestigiado por lá: Alexandre Grendene Bartelle, dono da fabricante de calçados Grendene, que recebeu o príncipe Albert a bordo de seu “Madame Kate”, eleito naquele ano o melhor iate do mundo. (Por Anderson Antunes)

A embarcação foi pensada por Ken Freivokh para lembrar um veleiro || Créditos: Reprodução