24.06.2019  /  15:14

Conheça Lizzo, cantora e rapper americana que luta contra machismo e gordofobia, e tem Rihanna entre seus fãs

A cantora escreve letras reais que falam sobre machismo, gordofobia, feminismo e o movimento negro

Talvez você ainda não conheça Melissa Jefferson, ou Lizzo, mas é só uma questão de tempo. Cantora e rapper americana se apresentou no BET Awards 2019, que celebra a cultura e música negra dos Estados Unidos, e rolou nesse domingo em Nova York. Levou os fãs ao delírio, entre eles, Rihanna, que estava na plateia da premiação e não parou de dançar um minuto sequer.

Lizzo, 31 anos, nasceu em Detroit, e se tornou rapper e ativista negra. Suas letras mandam a real falando sobre temas como machismo, gordofobia, feminismo e o movimento negro. A artista já lançou os álbuns “Lizzobangers” (2013), “Big Grrrl Small World” (2015) e “Cuz I Love You” (2019). Uma de suas músicas mais conhecidas, ‘Juice’, fala sobre amor próprio, outro tema bastante abordado pela cantora.

Em entrevistas, Lizzo costuma falar sobre patriarcado e a importância da união das mulheres. “Quando as mulheres eram adoradas como deusas, alguém sempre teve problemas com isso e tentou nos impedir de sermos deusas. Especialmente na cultura ocidental, existem dispositivos reais no esforço de manter as mulheres separadas e intimidadas, e em concorrência entre si. Especialmente no hip hop. Os homens ainda dominam a indústria da música e empresas americanas, mas quando nos encontramos e ficamos juntas, é incrível. Eles não podem nos quebrar”, disse para o Austin360.

Não conhece? Então dá o play: