Rua Savile Row, em Londres, tem competição de designers de ternos.

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
0

Uma turma formada pelos amantes de roupas mais tradicionais está dando o que falar na Savile Row, famosa rua londrina que concentra as mais refinadas casas de alfaiataria da Inglaterra. De um lado estão os costureiros de companhias tradicionais, como a Henry & Co., fundada em 1806. Do outro, os novatos e rebeldes, que ocupam o mesmo endereço e, em alguns casos, cobram até cinco vezes menos que a concorrência secular.

* O maior representante desse último grupo é Matthew Farnes, cujos ternos mais simples custam US$ 3 mil. A diferença de preço levou os outros alfaiates a acusarem Farnes de entregar um produto mal-acabado por um preço injusto. Já Farnes se defende garantindo que está apenas cobrando os valores que são devidamente apropriados.

* Por enquanto, quem está levando a melhor é Farnes, que virou uma espécie de celebridade do momento nos bastidores da Semana de Moda de Londres, com direito a entrevistas em jornais importantes e tudo. O ateliê dele, que tem até blog, tem mais movimento a cada dia. Sorte dos ingleses.

 Matthew Farnes: o "enfant terrible" da Savile Row