23.07.2017  /  1:00

Comprador compulsivo, Johnny Depp pagou US$ 7 mil por sofá das Kardashian

Johnny Depp || Créditos: Getty Images

Na tentativa de provar que o comportamento de comprador compulsivo de Johnny Depp foi o que de fato causou a tão comentada ruína financeira do ator, os ex-agentes dele continuam entregando para a justiça recibos de itens fora do comum pelos quais o astro da franquia “Piratas do Caribe” teria desembolsado altas somas.

No último levantamento anexado pelos advogados da The Management Group (TMG), que cuidada da carreira de Depp, ao processo que corre em um tribunal de Los Angeles, há desde US$ 17 mil (R$ 53,3 mil) em bolsas e malas da Prada a US$ 126 mil (R$ 394,7 mil) usados para bancar a festa de casamento do ator com Amber Heard, que teria contado com a presença de apenas 12 pessoas.

O item que mais chama atenção, no entanto, é um sofá anunciado pelas irmãs Kardashian no reality “Keeping Up With the Kardashians”, que Depp comprou para a filha mais nova, Lily-Rose. O preço do mimo? US$ 7 mil (R$ 21,9 mil). (Por Anderson Antunes)