24.09.2018  /  12:02

Compra da Versace pela Michael Kors agita o mercado e promete nova bilionária fashion

Allegra com a mãe, Donatella Versace: bilionária aos 32 || Créditos: Getty Images

A provável compra da Versace pela Michael Kors, o principal assunto do noticiário sobre moda e negócios desta segunda-feira, deverá transformar Allegra Versace na mais nova bilionária do pedaço. Isso porque a moça de 32 anos, que é filha de Donatella Versace e sobrinha de Gianni Versace, fundador da maison italiana, é dona de 50% da Gianni Versace S.p.A., e como a transação é estimada em € 2 bilhões (R$ 9,6 bilhões) a parte dela será equivalente a metade desse valor – o suficiente para colocá-la no clube dos dez dígitos.

Allegra herdou sua fatia na Versace logo depois da morte do tio, em 1997, tendo sido a maior beneficiária do testamento dele. Irmãos do estilista, Donatella e Santo Versace herdaram 30% e 20%, respectivamente, e deverão receber € 600 milhões (R$ 2,87 bilhões) e € 400 milhões (R$ 1,91 bilhão) da Michael Kors Holdings Limited. A venda foi noticiada com exclusividade pelo jornal italiano “Corriere della Sera”, e ainda não foi oficializada. Nenhuma das partes comenta o assunto.

Fundada em 1978, a Versace se tornou uma das marcas de moda mais famosas do mundo nas duas décadas seguintes. Com cerca de 1,5 mil funcionários, seu faturamento anual está estagnado na casa dos € 600 milhões (R$ 2,87 bilhões) há anos, enquanto concorrentes como a Armani aumentam suas vendas em ritmo bem mais acelerado. Em razão disso, a entrada de um novo sócio no império dos Versaces era discutida pelo menos desde 2012, apesar de que ninguém apostava que eles entregariam as chaves de seu reino da forma como aparentemente o farão. (Por Anderson Antunes)