02.06.2020  /  9:18

Competidor em potencial do Twitter voltado apenas aos conservadores poderá ser criado nos EUA

O microblog é a rede social favorita de Trump || Créditos: Reprodução

Quem cantou a bola foi a sempre muito bem informada colunista do “New York Post” Cindy Adams: um site nos moldes do Twitter feito por conservadores e apenas para conservadores está em fase inicial de criação nos Estados Unidos. Em sua coluna dessa terça-feira, Adams revelou que conversou com alguns bambambãs da mídia americana recentemente e ouviu deles a confirmação de que o negócio realmente poderá sair do papel. Aparentemente, uma grande rede de televisão do país, daquelas com um caixa tão robusto que lhes permite sobreviver a qualquer crise, seria a cabeça da empreitada…

Rede social favorita do presidente Donald Trump, o microblog está na mira dos conservadores americanos desde quando começou a taxar algumas postagens feitas pelo presidente dos EUA e de aliados dele como “potencialmente enganosas”. Por conta disso o executivo Yoel Roth, que é o chefe de integridade do Twitter, foi acusado de “censura” e no momento é considerado como um dos maiores inimigos do republicano.

O curioso é que Adams deu a entender que o próprio Trump pode estar envolvido de alguma forma com o tal “Twitter conservador”, lembrando que o político elaborou anos atrás um projeto de um canal de notícias à la “Fox News” que acabou sendo abortado por conta de sua eleição para a Casa Branca, em 2016. Será que ele já está pensando no que fazer caso deixe a residência oficial localizada em Washington antes de 2024, como é seu plano desde sempre? A conferir… (Por Anderson Antunes)