07.05.2018  /  16:57

Como vivem os 15 membros da realeza que chamam o Palácio de Kensington de lar

Mapa do Palácio de Kensington feito pelo Business Insider || Créditos: Reprodução

Com o casamento real mais comentado do momento chegando – o de Meghan Markle e príncipe Harry -, o nascimento do novo membro da família, o príncipe Louis, filho de Willian e Kate, e a chegada de mais dois moradores, a princesa Eugenie e seu noivo, o empresário inglês Jack Brooksbank que também se casam este mês, 2018 representa um ano de mudanças para a família real britânica. Por conta dessa repentina explosão demográfica dos Windsor, algumas adaptações precisaram ser feitas no Palácio de Kensington, em Londres, que funciona como um verdadeiro condomínio. É lá que moram 15 membros de três diferentes gerações da realeza britânica. Para entender melhor quem mora onde, o site Business Insider fez um layout explicativo (acima) que a gente tratou de decupar. Aos fatos!

Palácio de Kensington || Créditos: Getty Images

Lar da família real desde 1703, o palácio conta com capela, piscina, agência de correios, cafeteria, enfermaria e cinema. Mais de 50 mil pessoas visitam o local anualmente, em jantares, almoços, banquetes, recepções de Estado e eventos nos jardins. Nos meses de agosto e setembro o público em geral pode visitar as salas de Estado de Kensington.

Apartament 1A – residência de príncipe William, Kate Middleton, e os príncipes George, Charlotte e Louis

Príncipe William, Kate Middleton e príncipe Harry em recepção a Michelle e Barack Obama no Palácio de Buckingham || Créditos: Getty Images

O mais próximo ao trono a morar no Palácio, William e sua família vivem na maior ala da imensa propriedade, com vinte suítes só para eles. O casal se mudou em 2013, pouco depois do nascimento do primeiro filho, George. Com vista para o Hyde Park, só há um cômodo em que os fotógrafos tem permissão de clicar a família: a sala de recepção onde receberam, por exemplo, Barack e Michele Obama, em 2016.

Nottingham Cottage: residência de Príncipe Harry e Meghan Markle

Príncipe Harry e Meghan Markle no dia do anúncio de seu noivado || Créditos: Reprodução

Apelidada de “Nott Cott” e descrita com frequência como “aconchegante”, a parte do latifúndio que cabe a Harry e Meghan tem sido chamada de lar pelo irmão de William desde 2013. Meghan Markle se mudou pra lá após o anúncio do noivado, em novembro. O lugar é superespecial para eles, pois foi ali que Harry pediu a mão da amada em casamento, durante um jantar íntimo. Depois do casamento, que acontece no dia 19 de maio, o casal vai continuar morando lá. Uma das únicas vezes que o público teve acesso à parte interna do “Nott Cott” foi quando Harry e Meghan fizeram o anúncio do noivado em uma entrevista na sala da casa, sentados no sofá (foto).

Ivy Cottage: residência de Princesa Eugenie e Jack Brooksbank

A princesa Eugenie e Jack Brooksbank no dia de seu noivado, no Palácio de Buckingham || Créditos: Getty Images

Os mais novos membros do Palácio de Kensington são a princesa Eugenie, prima de William e Harry, e seu noivo, o empresário inglês Jack Brooksbank. Segundo o jornal britânico “The Sun”, o casal se mudou para lá recentemente, no mesmo dia em que Kate Middleton deu à luz príncipe Louis. O noivado foi anunciado em janeiro e o casamento está marcado para outubro no Castelo de Windsor, na mesma igreja em que Meghan Markle e Harry vão subir ao altar logo mais. 

Apartament 1: duque e duquesa de Gloucester

Duque e duquesa de Gloucester  || Getty Images
O duque de Gloucester, um dos primos da rainha Elizabeth II, mora no Aparment 1 com sua mulher, a duquesa
de Gloucester. Os apartamentos deles e de William e Kate já foram uma única moradia até serem divididos em 1950. O complexo tem 21 quartos, mas poucos detalhes sobre seu tamanho total estão disponíveis.
Apartment 10: príncipe e princesa Michael de Kent

Príncipe e princesa Michael de Kent || Créditos: Getty Images

Também primo da rainha Elizabeth II, o príncipe mora na construção principal do palácio com sua mulher, que é conhecida por princesa Michael, por seguir uma tradição que caiu em desuso na qual as mulheres de príncipes deveriam ser chamadas pelos nomes dos respectivos. O apê conta com cinco suítes e cinco salas de recepção. Eles costumavam não pagar nada para morar lá mas foi reportado que, desde 2008, colaboram com um aluguel no valor de 10 mil libras (R$ 48,24 mil)  por mês.

Wren House: duque e duquesa de Kent

Duque e duquesa de Kent || Créditos: Getty Images
O duque de Kent, irmão mais velho do príncipe Michael, também tem como CEP o Palácio de Kensington onde vive com sua mulher, a duquesa de Kent. O nome da ala onde vivem foi dado em homenagem ao famoso arquiteto britânico Christopher Wren, que construiu a Catedral de St. Paul e uma série de propriedades que pertencem à realeza.
E a rainha Elizabeth II e o príncipe Philip, o príncipe Charles e Camilla Parker, onde vivem?
Palácio de Buckingham é residência da rainha Elizabeth II

A rainha Elizabeth II vive no Palácio de Buckingham com seu marido, o príncipe Philip. A propriedade fica a cerca de 3 km do complexo de Kensington, nos arredores do Hyde Park e do Green Park. Quando a saudade dos filhos, netos e bisnetos bate, fica fácil visitá-los! Já Charles e Camilla moram na Clarence House, construída entre 1825 e 1827, foi projetada pelo arquiteto John Nash e fica bem em frente ao parque St. James. Abaixo, um clique raro do lar de Charles feito em 2017 durante visita do rei Felipe da Espanha.

Rei Felipe da Espanha e príncipe Charles || Créditos: Reprodução