05.01.2018  /  9:00

Como Peter Thiel transformou US$ 15 mi em mais de US$ 300 mi em apenas um ano

Peter Thiel || Créditos: Getty Images

Integrante do time dos bilionários que não acham a menor graça em ganhar dinheiro com negócios tradicionais, Peter Thiel foi um dos investidores que mais se deram bem com a disparada do bitcoin em 2017. Isso porque ele investiu algo entre US$ 15 milhões (R$ 48,5 milhões) e US$ 20 milhões (R$ 64,7 milhões) para comprar unidades da criptomoeda no começo do ano passado, por meio de sua empresa de capital venture, a Founders Fund, e acabou tendo um lucro mais de vinte vezes superior ao que desembolsou.

Thiel não é estranho aos riscos, tanto que a maior parte da fortuna dele – estimada em US$ 2,5 bilhões (R$ 8,1 bilhões) – é proveniente dos US$ 500 mil (R$ 1,61 milhão) que ele usou em 2004 para comprar uma fatia do Facebook quando ninguém acreditava que o site de relacionamentos cofundado por Mark Zuckerberg se tornaria o gigante que é hoje. Atualmente, no entanto, a maior aposta dele é na Palantir, uma empresa de big data que ajudou a criar e com a qual espera dominar o setor de armazenamento digital. (Por Anderson Antunes)