15.07.2016  /  14:28

Comme des Garçons repagina sua loja no Chelsea, em NY. Pode entrar!

tamanho comme des
Túnel de alumínio que leva os clientes para o interior da loja || Créditos: Reprodução Instagram

Trocar o display de suas lojas a cada coleção é uma velha tática usada pelas marcas para dar um novo fôlego às vendas. Para a Comme des Garçons, a regra é praticada e levada ainda mais a sério. Sua política consiste em renovar os espaços radicalmente a cada estação, com instalações e itens exclusivos para seu display. Nesta sexta-feira, a loja icônica da marca, que fica no Chelsea, em Manhattan – a primeira a hypar o bairro -, acaba de reabrir ao público depois de uma semana fechada para reforma – e foi a maior feita desde 2013.

Muito similar ao endereço da marca em Tokyo, sua matriz, o ponto de Nova York oferece uma coleção preciosa de looks de passarela da Comme des Garçons – opções bem menos comerciais que as encontradas no espaço da marca na Dover Street Market. Entre os garimpos, um macacão pink de PVC à venda por R$ 15.660. Na fachada grafitada da loja, o emblemático túnel de alumínio leva os clientes para dentro, onde se deparam com uma vitrine enjaulada e esqueletos de araras. Parece estranho, mas tem tudo a ver com o estilo punk prezado por Rei Kawakubo, estilista da marca.

Os provadores, que antes não tinham portas, foram redesenhados com mais privacidade. Não deixe de ver a área que reúne uma curadoria feira pela própria Rei de coleções de Sara Lanzi, Elena Dawson, Christopher Nemeth, Egg e Daniela Gregis – marcas menores e cool para se prestar a atenção. Na galeria abaixo, dê um giro pelo espaço.