Sapucaí
Sapucaí || Créditos: Reprodução

Vai desfilar na avenida? Saiba como evitar lesões

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
Sapucaí
Sapucaí || Créditos: Reprodução

Vai desfilar na avenida, glamurette? Dicas simples podem evitar lesões, para você continuar curtindo o Carnaval no dia seguinte. A gente foi conversar sobre isso com Sérgio Mauricio, médico ortopedista membro titular da Sociedade Brasileira de Medicina do Esporte e Exercício. Vem ler! (por Michelle Licory)

“Quando chega o dia do desfile, a ansiedade pode ser uma vilã, aumentando a tensão muscular, e ainda predispondo o surgimento de contraturas e estiramentos musculares. Essa tensão pode ser minimizada com alongamentos, que, de preferência, devem ser realizados em ambientes calmos, longe de perturbações e sem pressa. Cada alongamento deve levar de 20 a 30 segundos, para que as fibras possam se alinhar e alongar com qualidade.

Pescoço: com a mão, leve o pescoço para o lado direito, depois esquerdo, mobilizando suavemente. Leve também o queixo em direção ao peito, para alongar a parte posterior da cervical.

Ombros: realize movimentos circulares para frente e para trás, em torno de 10 repetições. A seguir leve a mão atrás da cabeça, com o cotovelo dobrado, e tracione com a outra mão. Passe depois o braço esticado pela frente do corpo e puxe, com a outra mão, o cotovelo em direção ao ombro oposto.

Dorso e lombar: de pé ou sentado, junte os pés, e, com os joelhos esticados, tente tocar a ponta dos pés com as mãos. Lentamente, fique sentado, e gire o tronco para os dois lados, de maneira suave.

Quadríceps: de pé, dobre o joelho, tentando encostar o calcanhar no glúteo, sentindo alongar a face anterior da coxa.

Adutores: são os músculos que ficam na parte interna da coxa. Devem ser alongados abrindo as pernas e jogando o peso em uma perna de cada vez, dobrando o joelho que recebe o peso do corpo enquanto a outra perna permanece esticada.

Posteriores: de pé, coloque uma perna em cima de uma cadeira ou mesa e toque a ponta desse pé. As duas pernas devem se manter esticadas durante o alongamento.

Panturrilhas: suba em um degrau, deixando o calcanhar para fora do mesmo e vá soltando o peso de seu corpo, sentindo alongar a batata da perna.

* Nos meses que antecedem o desfile, é importante fazer exercícios de fortalecimento muscular, para aguentar as longas horas sambando”.

Perguntamos também que adereços são mais preocupantes em relação a risco de lesões. “Pacientes com doenças da coluna, como hérnias de disco ou artrose, devem evitar fantasias que ponham muito peso na região, como grandes costeiros. A sobrecarga leva a uma força de compressão nos discos e vértebras afetadas, podendo desencadear quadros de dor e limitação. Já para os pacientes com dores nos joelhos, o uso de saltos muito altos deve ser evitado. Esses calçados aumentam a força que passa na cartilagem das patelas, osso que fica na frente dos joelhos, podendo desencadear dor e inchaço naqueles com doenças prévias, como a condromalacia”.

Acompanhe a cobertura completa do Carnaval pelo Brasil no Canal Comissão de Frente por Gillette Venus.

Você também pode gostar