Que baile funk que nada: o hype do Rio é reunir a turma na Feira de São Cristóvão

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0

Ir para São Cri-Cri, como é chamada pelos íntimos a Feira de São Cristóvão, virou um dos programas mais descolados e divertidos para se fazer no Rio. Se antes só baianos, pernambucanos e maranhenses frequentavam o local,  hoje cariocas de todas as idades reconhecem o valor da tapioca, da cachaça de jambu e da sanfona.

Quem deu o start foi a turma que trabalha nas principais marcas cariocas que ocupam a região (leia-se Farm,  Sacada,   Osklen,  Maria Bonita Extra etc.). A novidade se espalhou.

De olho no movimento, em janeiro, a revista J.P traz cliques com uma turma de amigos em uma noite de feira e cantoria. Os atores Lívia de Bueno e Luca Bianchi, as estilistas Alice Aroeira e Marcella Franklin, a gerente de vendas da Farm Julia Faria, a DJ Mary Zander, o gerente de marketing da Redley Pedro Perdigão e o publicitário Bruno Cunha soltaram a voz no karaokê da barraca Já Disse. Tipo incrível! (Por Julia Furrer, para a revista J.P de janeiro)

Você também pode gostar