Gabriel Medina beija o troféu e comemora o título mundial do surfe || Créditos: Reprodução Instagram

#foimedina! A vitória do mais novo herói brasileiro no Havaí

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
Gabriel Medina beija o troféu e comemora o título mundial do surfe || Créditos: Reprodução Instagram
Gabriel Medina beija o troféu e comemora o título mundial do surfe || Créditos: Reprodução Instagram

“Nada que foi será de novo do jeito que já foi um dia” no surfe brasileiro. Em feito inédito, Gabriel Medina foi capaz de transformar a praia de Pipeline, no Havaí, em um reduto de brasileiros que voaram longe para acompanhar a última etapa do Campeonato Mundial de Surfe. O objetivo era ver, de pertinho o primeiro brasileiro conquistar o título tão esperado, que chegou nessa sexta-feira. Desde o início da etapa, na semana passada, Gabriel foi cercado e ovacionado pela torcida que, assim como ele, teve muita paciência para esperar as ondas chegarem em boas condições. E não deu outra, pertinho do final da competição o mar de Pipeline “cresceu” e os três competidores com chances de título, Gabriel, Kelly Stalter e Mick Fanning, entraram na água.

A conquista chegou com um tubo perfeito e, mesmo com o título garantido, Medina ainda competiu e ganhou quase todas as baterias. Só perdeu a final – por muito pouco – para o australiano Julian Wilson. Gabriel tem muito a agradecer a outro surfista, o argentino naturalizado brasileiro Alejo Muniz, que desbancou os dois adversários dele na busca pelo mundial.

Como se não bastasse, Gabriel ainda completa 21 anos nesta segunda-feira e Glamurama faz a sua homenagem com imagens enviadas por glamurettes que estavam lá, na torcida para o mais novo campeão. #foimedina!

Você também pode gostar
Solidão Pandemia

Depois da tempestade

O restaurante que eu frequentava antes da pandemia reabriu. Esteve fechado por meses, e eu o tinha como…