18.04.2019  /  14:12

Com Sônia Braga no elenco, filme ‘Bacurau’ vai representar o Brasil em Cannes. Aos detalhes!

Bárbara Colen, Sônia Braga em cena e os diretores ao lado da produtora Emilie Lesclaux

Se você ama cinema, já pode ficar ligado: o Brasil será muito bem representado na competição pela Palma de Ouro no Festival de Cannes, que acontece entre 14 e 25 de maio. “Bacurau”, novo filme de Kleber Mendonça Filho em parceria com Juliano Dornelles, terá sua estreia mundial na principal mostra do festival francês. O diretor já é conhecido pelo longa metragem “Aquarius”, lançado em 2016, que fez sucesso por lá. Segundo os diretores, “Bacurau” é um filme de aventura ambientado no Brasil ‘daqui a alguns anos’, que conta a história de uma comunidade que some do mapa depois a morte de Carmelita, matriarca do local.

O filme foi rodado no Sertão do Seridó, divisa do Rio Grande do Norte com a Paraíba, em 2018, e os trabalhos duraram dois meses, com uma equipe de 150 pessoas. Sobre o filme, Juliano Dornelles revela que esse é um trabalho de anos: “Bacurau é um projeto que vem sendo desenvolvido desde 2009, quando era só uma ideia. Enquanto o roteiro se transformava, o país e o nosso cotidiano também. Estrear em Cannes em 2019 é dar um lugar de respeito ao Brasil, seu cinema e sua cultura”. Já Kleber Mendonça Filho fala sobre a importância e essência do longa: “Creio que esse filme é o resultado da nossa relação com as pessoas que amamos e que nos formaram, com Pernambuco, com o Brasil e com o mundo”, revela.

E os fãs de Sônia Braga podem comemorar: a atriz dá vida a Domingas, protagonista da história, e estará mais uma vez em evidência no festival. Outro destaque é Bárbara Colen, que interpreta Teresa. Mas elas não são as únicas brasileiras em Cannes: longas com Fernanda Montenegro e Maria Fernanda Cândido também serão exibidos. Agora é só torcer!