02.04.2014  /  9:01

Com que corpo eu quero envelhecer? Nutricionista fala ao Glamurama


O mal –e o bem– da atualidade é o cuidado excessivo com o corpo e de forma errada. Diante deste tema tão polêmico, a Casa do Saber Rio, que fica em Ipanema, convocou a nutricionista Bia Rique para uma série de palestras sobre temas diferenciados. Glamurama aproveitou o momento para saber um pouco mais sobre alguns assuntos interessantes como vegetarianismo, agrotóxicos, hormônios e envelhecimento.

Lembrando que Bia Rique é nutricionista, especialista em Psicossomática Contemporânea e representante oficial no Brasil da American Overseas Dietetic Association (Aoda), afiliada internacional da Academia Americana de Nutrição. Confira a entrevista.

Vale a pena ser vegetariano?
O vegetarianismo pode ser uma excelente opção de vida saudável, mas não necessariamente a única. Existem vegetarianos que melhoram a qualidade da alimentação como um todo, mas outros abusam de carboidratos, doces e até alimentos processados. É preciso equilíbrio. Por outro lado, ao eliminar a carne vermelha e optar por consumir peixes e aves sem antibióticos, além de legumes, vegetais, grãos, cereais e frutas, é possível ter uma vida mais longa. Na nutrição, para ter o efeito benéfico ou prejudicial dos alimentos, é preciso três coisas: tempo, regularidade e quantidade.

Como os agrotóxicos e hormônios pioram a saúde do organismo e como estes agentes atuam no corpo?
O Brasil é o maior consumidor de agrotóxicos do mundo. Mais importante do que comprar orgânicos é criar um movimento nacional contra o uso abusivo de defensores químicos. Quanto aos hormônios, acredito que exista um problema maior que é o uso também abusivo dos antibióticos, para que as aves cresçam mais rápido e sem doenças, além de aumentar a produção dos frigoríficos. O problema é tão grande que o “New York Times” apelida os antibióticos de “Fat Drug”.

Em sua palestra, você alerta “com que corpo eu quero envelhecer?”. O que isso significa?
Tudo que fazemos na vida, seja ir ao médico, viajar, comprar uma roupa ou emagrecer, é buscando a felicidade. Portanto, vou abordar nesta aula não apenas com que corpo é desejável envelhecer, mas o estilo de vida. De nada adianta tomar todas as vitaminas, fazer todos os exercícios e cuidar da alimentação, pois problemas podem surgir. É importante ter uma visão holística da vida e fazer tudo que a ciência proporciona para viver mais e melhor. Mas acima de tudo, precisamos construir mais significados de vida para termos um corpo que seja nosso companheiro.

Gostou? A palestra de Bia Rique sobre esses assuntos acontece no dia 9 de abril, na Casa do Saber Rio, na Avenida Epitácio Pessoa, 1169, Ipanema. Mais informações pelo (21) 2227-2237