08.06.2021  /  18:02

Com direção de Priscila Lima, o longa de formato inovador “Hoje não é um bom dia” ganha data de estreia

Com direção de Priscila Lima, o longa de formato inovador “Hoje não é um bom dia” ganha data de estreia || Créditos: Divulgação

Durante o isolamento social, uma chamada de vídeo é aberta por duas mulheres que iniciam uma conversa de tom erótico. Rapidamente, o clima do encontro muda quando uma delas assume ter um vídeo íntimo da outra. O desenrolar desta história é o que a plateia virtual de “Hoje não é um bom dia” vai poder acompanhar a partir de 12 de junho, data de estreia da segunda temporada da tragicomédia dirigida pela carioca Priscila Lima, com elenco composto somente por mulheres.

Transmitido pelo Zoom, uma plataforma de videoconferências, o longa é um retrato provocador e bem humorado das interações humanas em tempos de pandemia. Com formato para lá de inovador, o espetáculo é um filme ao vivo, com transmissão online, que explora bastante a técnica de Meisner, a qual Priscila é especialista e que consiste em trabalhar o improviso muito presente nas apresentações.

Através de uma sequência desesperada de chamadas de vídeo, o filme expõe as inseguranças e a falta de empatia entre um grupo de mulheres e, acaba tratando de temas como feminismo e sororidade. “Estamos vivendo um momento de sobrevivência, é cada um por si. O problema é que não estamos lutando para sobreviver enquanto sociedade, mas individualmente.  Em ‘Hoje não é um bom dia’, mostramos que isso acarreta relações abusivas de todos os lados, até entre as mulheres, mesmo em um momento em que falamos tanto que precisamos estar juntas”, comenta a diretora.

Desenvolvido ao longo de seis meses com a ajuda do dramaturgo João Maia, o filme ao vivo retorna com sua segunda temporada, entre 12 e 27 de junho, e conta com elenco e história renovados depois do sucesso da primeira edição em 2020. Aos interessados, os espetáculos online acontecem aos sábados e domingos, às 20h, e os ingressos estão disponíveis a partir de R$15.