14.04.2021  /  12:41

Cofundadores do Google entram para o clube dos centibilionários, formado por apenas outras 6 pessoas

Larry Page e Sergey Brin
Larry Page e Sergey Brin || Créditos: Reprodução

O seleto clube dos centibilionários acaba de ganhar dois novos membros: são eles Larry Page e Sergey Brin, cofundadores do Google, cujas fortunas individuais ultrapassaram nessa semana a marca de US$ 100 bilhões (R$ 571,3 bilhões). Page, que tem mais de ações da Alphabet – a holding que controla o maior site de buscas do mundo – é um pouco mais rico, com um patrimônio pessoal estimado em US$ 103 bilhões (R$ 588,4 bilhões), enquanto Brin tem exatos US$ 100 bilhões (R$ 571,3 bilhões).

Atualmente, existem apenas outros seis centibilionários no mundo, um grupo formado ainda por Warren Buffett (US$ 101 bilhões/R$ 577 bilhões), Mark Zuckerberg (US$ 116 bilhões/R$ 662,7 bilhões), Bernard Arnault (US$ 135 bilhões/R$ 771,2 bilhões), Bill Gates (US$ 145 bilhões/R$ 828,4 bilhões), Elon Musk (US$ 194 bilhões/R$ 1,1 trilhão) e Jeff Bezos (US$ 198 bilhões/R$ 1,13 trilhão).

De maneira geral, há nesse momento 2.755 bilionários em todo o planeta, cerca de 660 a mais do que no mesmo período do ano passado. E suas riquezas somadas totalizam US$ 13,1 bilhões (R$ 74,8 trilhões), bem mais do que os US$ 8 trilhões (R$ 45,7 trilhões) que eles tinham nessa mesma época de 2020. (Por Anderson Antunes)