04.06.2020  /  10:44

Cobertura em NY que pertencia a milionário malaio que está foragido é vendida por R$ 117 mi

Jho Low e o Time Warner Center, onde ele tinha uma cobertura || Créditos: Reprodução

Uma cobertura no edifício Time Warner Center de Nova York que teria sido comprada com dinheiro obtido ilegalmente pelo milionário foragido Jho Low finalmente foi vendida nessa semana, ainda que por bem menos que seu preço original de listagem nos classificados. Com seis suítes e vista privilegiada do Central Park, além de estar em um prédio com acesso exclusivo aos espaços de lazer do hotel Mandarim Oriental, o imóvel havia sido confiscado pelas autoridades americanas anos atrás, quando Low foi apontado como um dos principais envolvidos em um esquema de corrupção envolvendo o fundo soberano da Malásia, o 1MDB, que teve desdobramentos até mesmo em Hollywood.

Colocada à venda por US$ 30 milhões (R$ 152,7 milhões), a penthouse acabou sendo comprada nessa semana por um investidor estrangeiro anônimo, que pagou US$ 23 milhões (R$ 117 milhões) para fechar o negócio. Além de ter pertencido a Low, a propriedade também serviu de residência esporádica para Jay-Z em meados dos anos 2000, quando o rapper a alugou por US$ 40 mil mensais só para ter onde ficar em suas idas à NY.

Já Low, que também teria usado dinheiro desviado do 1MDB para investir em produções hollywoodianas, continua escondido em algum lugar do mundo. A última vez que alguém teve notícias sobre seu possível paradeiro foi em agosto de 2018, quando surgiram suspeitas de que ele passou pela China, mas de lá pra cá ninguém soube mais nada dele. (Por Anderson Antunes)