20.11.2018  /  8:00

Cobertura de Tom Cruise na Flórida é apelidada de “Torre do Tom” pelos vizinhos. O motivo?

Cruise e o prédio em Clearwater, na Flórida, onde fica a cobertura dele || Créditos: Getty Images/Reprodução

A cobertura duplex que Tom Cruise comprou em 2016 em Clearwater, na Flórida, foi apelidada de “Torre do Tom” pelos vizinhos. Tudo por conta da obsessão por controle do astro americano, que só permite a entrada de pessoas ligadas à Cientologia na propriedade. Mais famoso membro da controversa religião, ele está bancando uma reforma multimilionária na penthouse, que fica em um prédio não muito distante da sede da igreja. Connor Cruise, o filho mais velho dele, também ganhou um apê no mesmo endereço e vive sob as mesmas regras restritas.

Cruise tem passado a maior parte do tempo em hotéis, já que está na estrada há meses gravando cenas de “Top Gun: Maverick”, a continuação do blockbuster de 1986 que tem previsão de estreia para 2020. Também produtor da filme, o ator deu a ordem para que apenas cientólogos fossem contratados para trabalhar em seus bastidores, o que tem gerado comentários maldosos em Hollywood.

Aos 56 anos e recém-saído de um sucesso na telona – lançado em agosto, “Missão: Impossível – Efeito Fallout” faturou mais de US$ 791 milhões (R$ 2,98 bilhões) nas bilheterias internacionais – Cruise vive cada vez mais isolado e não vê há anos sua filha mais nova, Suri Cruise, fruto do casamento com Katie Holmes. Hoje com 12 anos, a garota é considerada pelo pai como uma “pessoa supressiva”, que é como os cientólogos se referem a quem deve ser evitado, apesar de que o eterno galã que teima em não envelhecer ainda banca todas as despesas da herdeira generosamente. (Por Anderson Antunes)

A planta da penthouse: só cientólogos entram lá || Créditos: Reprodução