06.03.2020  /  9:17

Coach de Bill Clinton arrecada mais de R$ 83 mi para combater o tráfico sexual infantil com festa de aniversário beneficente

Tony Robbins || Créditos: Reprodução

Como alguém que ganha a vida dizendo aos outros que tudo é possível, o palestrante motivacional americano Tony Robbins usou seu próprio aniversário para provar que o que fala não é da boca pra fora. Determinado a aproveitar a ocasião de mais uma primavera vivida para fazer o bem, Robbins – que completou 60 anos no último dia 29 – organizou uma festa para seus principais clientes na qual dispensou os presentes e pediu apenas que eles fizessem doações em dinheiro para a ONG Operation Underground Railroad, que combate o tráfico sexual infantil.

O resultado da “party” beneficente que rolou na noite dessa quinta-feira no Microsoft Theater de Los Angeles foi o melhor possível: mais de US$ 18 milhões (R$ 83,7 milhões) foram arrecadados para a causa, que contou com a contribuição de Annette Bening, Paris Hilton, Melissa Etheridge, Gerard Butler e mais uma penca de outros famosos que pagam ou já pagaram pelos serviços de coach oferecidos por Robbins. Até Bill Clinton, que se consultava com ele quando era presidente dos Estados Unidos e não marcou presença na comemoração, enviou um cheque.

Eleito em 2015 e 2016 uma das pessoas mais poderosas do mundo pela revista de negócios americana “Worth Magazine”, Robbins é uma das personalidades que mais ganham dinheiro dando palestras mundo afora, com ganhos anuais na casa dos US$ 30 milhões (R$ 139,5 milhões). Os preços pelos ingressos para assisti-lo, aliás, custam entre US$ 2,5 mil (R$ 11,6 mil) e US$ 5 mil (R$ 23,2 mil), mas quem já o viu em ação garante que a experiência vale cada centavo. (Por Anderson Antunes)