10.09.2015  /  13:01

Clube de arte oferece parceria com mais de 100 museus pelo mundo

Marlies Verhoeven e Daisy Peat || Crédito: Divulgação
Marlies Verhoeven e Daisy Peat || Crédito: Divulgação

Um novo clube está dando o que falar no mercado artsy. Lançado há alguns meses, o The Cultivist tem o intuito de proporcionar acesso exclusivo à arte e está quase com sua lista de membros completa. Fundado pela dupla Marlies Verhoeven e Daisy Peat, que criou o Preferred Program na Sothebys, o clube oferece parcerias com mais de 100 museus e 40 feiras de arte em todo o mundo e conta com uma equipe expert no meio. Abaixo, um bate-papo com Marlies Verhoeven, que está no Brasil para a ArtRio.

Glamurama – Como surgiu a ideia do The Cultivist?

Marlies Verhoeven – Quando trabalhávamos na Sothebys percebemos que não há um único serviço de acesso significativo para todos os aspectos da arte em uma escala global. Isso nos trouxe a ideia de criar um negócio totalmente independente e que fosse acessível aos entusiastas da cultura e da arte em todo o mundo. A ideia com o The Cultivist não foi apenas fornecer acesso VIP para os nossos membros internacionais, mas também para mudar a maneira das pessoas interagirem com a arte. Nosso objetivo é trazer artistas, curadores e colecionadores, assim como influenciadores da arquitetura, do desenho, da música, do cinema, da tecnologia e de outras indústrias de uma forma apaixonada e orgânica.

Glamurama – Quais são os benefícios aos membros?

Marlies Verhoeven – Temos uma parceria com os 100 museus mais importantes do mundo e mais de 40 feiras de arte em todo o mundo, oferecendo acesso VIP a todos. Para os museus, fizemos uma parceria para que nossos membros e mais três convidados não pegassem fila nas entradas. Oferecemos também curadoria privada para os nossos membros, com visitas a estúdio de artistas, visitas em primeira mão a exposições e passeios guiados a museus e galerias. Além disso, podemos oferecer um itinerário de artes para qualquer cidade a escolha dos nossos membros.

*

O The Cultivist aceita no máximo 100 membros e custa R$ 2.500 por ano.