06.09.2016  /  12:35

Cleo Pires confessa: “Tenho segredos demais para participar de um reality”

Cléo Pires no papel de Sabrina em Supermax  ||  Créditos: TV Globo
Cleo Pires no papel de Sabrina, em “Supermax”|| Créditos: TV Globo

O lançamento de “SuperMax” está acontecendo na manhã desta terça-feira, no cinema do Shopping Via Parque, na Barra da Tijuca. A série, grande aposta da Globo, mostra um reality show que se passa em um presídio de segurança máxima no meio da Amazônia, apresentado por Pedro Bial. Cleo Pires é Sabrina – uma das participantes -, psicóloga de 27 anos, filha de um grande empresário que sofre um sequestro e é mantida em cativeiro por quatro meses. Glamurama bateu um papo com ela, que está mais empolgada do que nunca com o personagem: “Sabrina está no programa porque acredita no jogo, acredita que pode ganhar e quer ganhar para usar o dinheiro do prêmio em prol de uma causa maior. Ela é verdadeiramente uma guerrilheira”.

Na trama, com o passar dos dias, os participantes percebem que o programa não é bem o que parece. A produção começa a desaparecer e eles têm que lutar para sobreviver. “O clima do set era sombrio mesmo, tenso, pesado, de medo, suspense. Aquilo ajudava muito. Tanto que mesmo quando a gente não estava gravando, esperava cada um na sua cela, mexendo no celular, lendo. Aquele clima macabro ajudava, eu adorava, sinto falta”.  Se ela toparia participar de um programa desses? “Tenho segredos demais para topar participar de um reality, mas gosto de assistir. Já vi ‘Big Brother’, mas gosto mesmo do das Kardashian. Me identifico com elas, acho que a família dela tem um pouco a ver com a minha, cheia de mulheres, cada uma faz uma coisa…”.

E o que seria mais difícil em uma situação como esta? “O fato de estar confinada em si seria o mais difícil pra mim, de me sentir presa”. Sobre o cabelo [ela aparece de dreadlocks na trama], “Foi a minha fase mais linda, adorei, mas não sei se teria de novo. É que era muito prático para algumas coisas e nada prático para outras. Se eu quisesse dar um mergulho em uma cachoeira no meio do dia, ia ter que voltar pra casa para secar o cabelo, ou ele ficaria pingando por horas e horas. Mas não é por ser atriz que não teria os dreads de novo. Eu nem sei se vou ser atriz pra sempre… Amo música e acho que seria uma ótima empresária. Não consigo dizer nunca, nem que faria nada pra sempre. É bacana pensar na evolução das coisas. Existem várias oportunidades. Pode aparecer alguma que eu tenha mais vontade de fazer. O que eu mais odeio é tédio”. Na história, os personagens fingem ser quem não são. Será que Cleo conseguiria? “Não nasci pra isso, não conseguiria me esconder”. A causa da guerrilheira que interpreta é justa? “Pra ela é justa e faz todo o sentido”.

Cléo Pires, nesta terça-feira durante o lançamento de SuperMax  || Créditos: Glamurama
Cleo Pires, nesta terça-feira durante o lançamento de SuperMax || Créditos: Glamurama

Estar no ar ao mesmo tempo na novela “Haja Coração” e no seriado é só um plus para a atriz: “Acho um bom exercício para o público, para separar o ator do personagem. O ator mesmo coloca um pouco de si nos seus papéis, e um pouco dos personagens em si, mas a mídia e o público fazem isso de uma forma nociva. É bom ver que cada um tem sua gavetinha”.