29.01.2020  /  9:34

Chega ao fim o processo de divórcio de Miley Cyrus e Liam Hemsworth. Aos detalhes!

Miley Cyrts e Liam Hemsworth || Créditos: Reprodução

Miley Cyrus e Liam Hemwsowrth agora são, oficialmente, um ex-casal. O processo de divórcio dos dois, que havia se iniciado em agosto de 2019 – menos de um ano depois da subida deles ao altar – foi finalizado no começo dessa semana em uma corte de Los Angeles. A cantora e o galã australiano, que hoje em dia não podem nem ouvir falar no nome um do outro, não tiveram filhos, e aparentemente assinaram um acordo pré-nupcial antes da troca de alianças, o que facilitou as coisas nesse fim de casamento. Cada um saiu da relação com exatamente a mesma quantidade de bens que entrou.

Cyrus, de 27 anos, tem uma fortuna estimada em US$ 160 milhões (R$ 672 milhões). Já a de Hemsworth, de 30 anos, está na casa dos US$ 30 milhões (R$ 126 milhões), mas ele está gravando cenas de uma nova série de ação da qual será o protagonista e que poderá transformá-lo em um dos maiores nomes da telinha logo, logo – ou seja, o bonitão tem chances de ficar ainda mais rico se a produção vingar.

Trata-se de algo que fará parte do cardápio da Quibi, uma nova plataforma de streaming que tem previsão de lançamento para 6 de abril e conta com sócios como Jeffrey Katzenberg, um dos fundadores dos estúdios DreamWorks, e Meg Whitman, ex-CEO da Disney, e já levantou mais de US$ 1 bilhão (R$ 4,2 bilhões) com investidores. A superexecutiva, aliás, será a chefe da nova empresa, que vai entrar no competitivo mercado dominado pela Netflix, Amazon Prime, Hulu, Apple TV+ e Disney+.

E por falar em Cyrus e Hemsworth, ambos estão em novas relações. No caso da intérprete de “Wrecking Ball”, o escolhido dela foi o músico Cody Simpson, também australiano como Hemsworth. E o irmão de Chris Hemsworth está naquela fase de “conhecer melhor” a modelo Gabriella Brooks, com quem ele foi flagrado aos beijos dias atrás na praia de Byron Bay, na Austrália. (Por Anderson Antunes)