19.11.2014  /  8:02

Chay Suede fala de lingerie, “Rio Babilônia” e Wagner Moura, confira!

Chay Suede: “Não entendo muito de lingerie”

Não tem jeito, todo mundo quer Chay Suede. Convidado especial do cocktail de uma marca de lingerie nos Jardins, em São Paulo, nessa terça, o muso provocou frisson antes mesmo de aterrissar no evento.  É que, para o delírio dos fãs – já colados na vitrine da loja -, Chay passou de moto e sem capacete na rua Oscar Freire para exibir o seu novo corte de cabelo para a novela “Rio Babilônia”, substituta de “Império” na Globo.

Ao pisar no evento, causou uma onda ainda maior de gritos e pulos, mas uma trupe de seguranças barrou a entrada dos fãs e manteve a ordem. Rapidamente, Chay atravessou a loja, subiu no segundo piso e beliscou aperitivos antes de falar com a imprensa. Depois, conversou com jornalistas na maior tranquilidade e com toda a simpatia do mundo.

Em dois minutos, acabou o sossego e Chay foi guiado pelos assessores para o palco, de onde cantaria 10 músicas para 50 fãs que tiveram acesso privilegiado à loja. O resto ficou assistindo de fora, com direito até a cachorro na plateia. Confira a entrevista coletiva.

A lingerie perfeita?

Para Chay, ela não existe. “Eu não entendo muito de lingerie, mas o que fica bacana em uma mulher pode não ficar em outra”, disse. Mas será que existe algum modelo de sutiã e calcinha que fica melhor em Laura Neiva, sua namorada? “Tudo fica bem na Laura, ela não tem um tipo”, contou.

Cuidados com o cabelo 

“Agora que o meu cabelo está curtinho, não preciso fazer muita coisa. Mas quando ele está grande, tenho que cuidar, sim. Ele é volumoso e grosso, então passo pomada. Mas uma ótima dica para quem tem juba como eu é usar RD. Muita menina passa porque dá uma acalmada no cabelo”, explicou.

“Rio Babilônia”

No seu papel de Rafael, filho do casal gay Estela (Nathalia Timberg) e Teresa (Fernanda Montenegro), Chay terá que manjar de dança e de slackline. Tarefa fácil? “Não. A dança é muito difícil, aprender os passos é um desafio. Mas claro que não vou precisar ser um grande dançarino, existe corte de cena na TV. O slackline também não é nada fácil”, disse. Além disso, Chay falou sobre atuar com Fernanda e Nathalia: “Ler um texto com elas é emocionante”.

Um ídolo

Na hora de buscar inspiração, Chay se baseia no talento de Wagner Moura. “Acho importante me inspirar em um ator brasileiro. Wagner Moura é um exemplo de um profissional bem-sucedido no audiovisual”, disse.    

Radical chic

Andar de skate é um hobby para Chay, mas que fique claro: “É perigoso! Ainda mais aqui em São Paulo, onde muitos motoristas não têm respeito pelo pedestre”, disse.

Amizade antiga

Nise Palhares, cantora do “The Voice”, foi uma das primeiras amigas de Chay no meio artístico, segundo o neo galã. A dupla se conheceu no programa “Ídolos”, da Record, em 2010. Nise eliminou Chay, que terminou em quarto lugar na competição. Sobre a amizade: “Ela é uma pessoa especial, mas faz muito tempo que a gente não se fala”, confessou.