03.10.2017  /  12:18

Chanel leva cachoeira de 30 metros para a passarela. Relembre outros cenários de tirar o fôlego

Set do desfile de primavera/verão 18 da Chanel || Créditos: Reprodução Instagram

Turma poderosa da moda se reuniu na manhã desta terça-feira no Grand Palais, em Paris, em torno do desfile primavera/verão 2018 da Chanel. Famosa por criar cenários incríveis a cada temporada – já levou para o Grand Palais a Torre Eiffel, o espaço sideral e a Grécia Antiga – desta vez a marca teve como referência a natureza e suas formações geológicas.

Modelos cruzaram uma passarela de madeira, que contornava uma imensa falésia de 30 metros de altura com cachoeira em meio a muito verde. O cenário foi inspirado no incrível Gorges du Verdon, cânion localizado na Provence e considerado uma das maiores belezas naturais da Europa. Por trás da atmosfera, Karl Lagerfeld manda mensagem de seu engajamento às causas ambientais.

Aberto por Kaia Gerber, filha de Cindy Crawford, o desfile deu sequência ao ambiente úmido apostando em chapéus, luvas e botas de plástico transparente, além de capas de chuva. A transparência, por sinal, foi o grande destaque da coleção, que buscou nas raízes da maison, criada nos anos 1910, fórmulas que a projetam para o presente, bem a gosto das millennials.

Chanel primavera/verão 2018 || Créditos: Reprodução Instagram

Abaixo, Glamurama relembra os cenários de outros desfiles, que tiraram o fôlego da platéia.