07.03.2017  /  11:02

Chanel decola para o espaço sideral em desfile com pegada 60 e cenário uau!

cine foguete
Cliques do desfile de inverno 2017 da Chanel || Créditos: Getty Images

Karl Lagerfeld, conhecido por criar desfiles-espetáculos para a Chanel durante as semanas de moda de Paris, se superou mais uma vez na apresentação do inverno 2017 da maison apresentada na manhã desta terça-feira. O kaiser transformou o Grand Palais em uma base espacial com direito a um foguete em tamanho real, com 35 metros de altura, estilizado com logotipo da marca e instalado no centro da locação.

O que ninguém esperava é que o foguete que levou nove dias para ser construído decolasse em meio à construção histórica de Paris, se distanciando 10 metros do solo em direção ao teto de vidro do local (assista a cena abaixo).

Com trilha sonora assinada por Michel Gaubert, o desfile começou ao som de “Radioactivity”, de Kraftwerk, que fala sobre a radioatividade presente no ar, e terminou de forma emocionante com as batidas de “Rocket Man”, de Elton John.  

Agora vamos ao que de fato interessa. O closet Chanel da temporada foi dominado pela estética futurista dos anos 1960 – sim, pense em Pierre Cardin. Tailleurs em linhas retas dividiram a cena com bermudas, tubinhos de tricôs e macacões pied-de-coq. Destaque para as meias-calças bordadas com brilhos e as botas de glitter e looks prateados e furta-cor. Frisson total!

Os musts da estação? As faixas de cabelo, as versões da nova bolsa sensação da marca, a Gabrielle, a bolsinha em formato de foguete e as estampas de foguete que deram vida a vestidos e moletons. Na fila A, só as estilosas: Alice Dellal, Cara Delevingne, Lily Allen, Ines de la Fressange  e mais.

Depois de transformar o Gland Palais em aeroporto, ateliê de costura, centro de tecnologia, entre outras cositas más, 0 que será que ele fará de tão extraordinário na próxima temporada? Aos cliques!