24.07.2015  /  8:29

Celina Palhares: superação e novo projeto de vida da glamurette carioca

Celina Palhares || Créditos: Juliana Rezende
Celina Palhares || Créditos: Juliana Rezende

Por Michelle Licory

Tudo bem que Celina Palhares é das glamurettes mais simpáticas do Rio, vive rodeada de amigos, mas é nítido que ela fica ainda mais entusiasmada  quando o assunto é seu trabalho. Celina é formada em Nutrição e montou uma empresa de comida balanceada, a Gourmet Saúde. Perguntamos por que a moça, que nem precisaria trabalhar se não quisesse, fica com o olho brilhando ao falar da carreira que escolheu.

* “Não me incomodo de contar… Eu tive anorexia e bulimia quando era mais nova. Fui internada várias vezes, inclusive com parada cardíaca. Cheguei a ficar 8 meses em uma clínica, me tratei até fora do país. Quando me recuperei, decidi que queria fazer Nutrição, para ajudar pessoas com o mesmo problema. Trabalhei em hospital. Era o que eu gostava. Quando me formei, queria mesmo era me dedicar à parte clínica. Mas fui percebendo que as pessoas não tinham muita opção de comida saudável na rua, perto do trabalho. Então comecei a Gourmet Saúde, entregando esse tipo de refeição no escritório e na casa dos clientes. Primeiro era só para atender a demanda dos meus pacientes. No boca a boca, o negócio foi crescendo. Aí me apaixonei por essa parte da produção. Quando não dava mais tempo de dar conta das duas coisas, tive que escolher e preferi me dedicar à empresa.”

Celina Palhares || Créditos: Juliana Rezende
Celina Palhares || Créditos: Juliana Rezende

* “Sabe o que é?  Acho tao interessante ver na minha vida as mudanças que a alimentação trouxe: bem estar, saúde. É incrível que as pessoas percebam essa mudança. Fico numa felicidade. A gente não vende o detox como regime de emagrecimento. É um benefício pra saúde. Minha maior recompensa é ver nos clientes uma nova energia, um bom humor. Você se alimentar de forma saudável é um grande passo para todo o resto funcionar bem.”

* Há pouco mais de um ano, Celina chamou a amiga Maria Luiza Marques. que é chef, para ser sua sócia. As duas começaram a parceria fazendo buffet para eventos, e depois lançaram – no serviço de entregas que já existia desde o início – a prática “Salada no Pote”. São vários sabores com ingredientes dispostos em camadas dentro de um pote de vidro, porção para uma pessoa. Na hora de servir, é só sacudir o recipiente para que tudo se misture – especialmente o molho -, abrir a tampa e despejar no prato. Está pronto. “Somos amigas desde a adolescência e nossa parceria está dando supercerto. Trabalhar com uma pessoa tão próxima é maravilhoso, faz do trabalho um prazer maior. A gente está sempre rindo”, confessa Celina.

Celina Palhares e Maria Luiza Marques || Créditos: Juliana Rezende
Celina Palhares e Maria Luiza Marques || Créditos: Juliana Rezende

* “Claro que uma sociedade é difícil, mas, por mais que a gente se estresse na hora do trabalho, a gente tem o horário do almoço sagrado. É quando não nos permitimos falar de problema. A gente nunca misturou pessoal com profissional”, conta Maria Luiza. “E se tiver uma discussão, logo acaba e a gente volta a conversar. A gente nunca brigou”, finaliza.

* “Na empresa [que fica no bairro de São Cristóvão] a gente tem funções completamente diferentes. Então não estamos disputando nada uma com a outra, controlando . Se faz a mesma coisa, aí acaba rolando briga. Eu fico responsável pelos cardápios, tabelas nutricionais, adaptações para clientes com alguma restrição alimentar. E ela comanda a cozinha, cria receitas. É assim todo dia e cada uma ama o que faz. A logística é o mais difícil de gerenciar, pra todo mundo receber a refeição no horário. Depois que a comida sai para a entrega, a gente faz a burocracia, senta com contador… Aí é a a parte chata da nossa rotina, um saco, mas, não tem jeito, precisa do olho do dono, ou a coisa não vai pra frente”, diz Celina.

Celina e Maria Luiza Marques || Créditos: Juliana Rezende
Celina e Maria Luiza Marques || Créditos: Juliana Rezende

* Planos de crescimento? “Sim, estamos em busca de pontos de revenda para nossa Salada no Pote [no varejo]. E estamos testando um serviço de comida congelada, algo que também pode funcionar com revenda em supermercado.” As meninas mostraram pra gente o passo a passo de uma de suas receitas com massa, molho pesto, tomate cereja e muçarela de búfala. Vem aprender aqui embaixo, na nossa galeria de fotos.